Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Notícias

Nova polêmica! DJ italiano acusa Conor McGregor de agressão: “Violento e perigoso”

Mesmo afastado dos octógonos, enquanto se recupera de uma fratura na perna, Conor McGregor segue proporcionando algumas das principais manchetes do mundo das lutas. Desta vez, o ex-campeão do UFC adicionou mais uma polêmica à sua longa lista. Neste domingo (17), o irlandês foi acusado pelo DJ italiano Francesco Facchinetti de tê-lo agredido dentro de uma boate na cidade de Roma (ITA).

Através da ferramenta ‘stories’ na sua conta pessoal no ‘Instagram’ (veja abaixo), Facchinetti relatou o ocorrido e mostrou os ferimentos em sua boca e nariz, que teriam sido causados por um soco desferido por McGregor. De acordo com a celebridade italiana, o ataque teria acontecido sem motivação aparente, tendo em vista que o clima entre eles era bom até este momento. O músico ainda revelou que pretende processar o ex-campeão do UFC, a quem classificou como “uma pessoa violenta e perigosa”.

“Às 2:30 da manhã, eu fui atacado pelo senhor McGregor. O famosíssimo McGregor, que me deu um soco na boca, quebrou meu nariz na frente de dez testemunhas, seus amigos e seus seguranças. Ele me atacou sem motivação, já que nós conversamos por mais de duas horas e também nos divertimos juntos. Eu poderia me calar e não dizer nada a ninguém, mas já que estou aqui para dizer isto, eu devo dizer que esta pessoa é muito violenta e perigosa”, declarou Francesco Facchinetti, de acordo com a transcrição do site ‘MMA Mania’, antes de continuar.

“Eu tomei um soco por nada. Esse soco poderia ter ido para qualquer um. Meus amigos, minha esposa, ou outros amigos. É por isso que eu decidi processar Conor McGregor, porque ele é uma pessoa violenta e perigosa”, afirmou.

O episódio relatado pelo DJ Francesco Facchinetti está longe de ser a primeira polêmica na qual Conor McGregor se envolve nos últimos anos. Recentemente, o ex-campeão do UFC se envolveu em uma confusão com o cantor Machine Gun Kelly, no tapete vermelho do ‘MTV Video Music Awards’, tradicional premiação musical norte-americana.

Além disso, o irlandês também agrediu um senhor de idade em um bar no seu país natal, em 2019, episódio pelo qual foi condenado a pagar uma multa de mil euros pela Justiça local. O lutador também foi acusado, em dois casos separados, de abuso sexual. Isso sem contar as inúmeras polêmicas ‘dentro do UFC’, onde o esporte serviu como pano de fundo para suas ações.

Reprodução/Instagram

Mais em Notícias