Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Notícias

Justin Gaethje revela consulta frustrada por combate contra ex-campeão do UFC

Ao que tudo indica, o próximo compromisso de Justin Gaethje será diante de Michael Chandler, no card do UFC 268, no dia 6 de novembro, em Nova York (EUA). Mas, aparentemente, o rival de divisão não foi a única opção com a qual ‘The Highlight’ trabalhou durante as negociações com o Ultimate.

Em entrevista à ‘ESPN’ americana, Gaethje revelou que consultou a organização sobre um possível duelo contra o havaiano Max Holloway, ex-campeão peso-pena (66 kg) da liga, mas as conversas não teriam evoluído. De acordo com o americano, a possibilidade de enfrentar um lutador renomado como Holloway – o qual classificou como seu “lutador favorito para assistir” – poderia fazer sentido, já que o mesmo se encontra à espera de uma nova oportunidade de lutar pelo título dos penas, ainda sem previsão de quando conseguirá tal chance.

“Max é provavelmente meu lutador favorito para assistir, então eu honestamente não quero enfrentar esse cara nunca. Mas eu preciso me colocar na corrida pelo título e se ele pular de categoria. Eu não estava certo se com Brian Ortega vs Volkanovski estando ligado ao The Ultimate Fighter, eu pensei que talvez ele quisesse subir para o peso-leve e tentar a sorte, com Khabib fora, no título peso-leve. Essa era uma opção naquele momento, mas não funcionou”, revelou Gaethje.

Vale lembrar que, em abril de 2019, Max Holloway – então campeão dos penas – subiu para a divisão dos leves a fim de tentar conquistar o cinturão interino da categoria, mas acabou derrotado por Dustin Poirier, no UFC 236. Posteriormente, em dezembro do mesmo ano, o havaiano viria a perder o título até 66 kg do Ultimate para o australiano Alexander Volkanovski, falhando na tentativa de recuperá-lo na revanche, sete meses depois.

Por sua vez, Justin Gaethje não sobe no octógono desde sua derrota para Khabib Nurmagomedov, em outubro do ano passado, pelo cinturão peso-leve da organização. Ocupando atualmente a segunda posição no ranking da categoria, o americano pode garantir uma nova oportunidade de lutar pelo título caso vença sua próxima luta, diante de Michael Chandler, que deve acontecer no UFC 268, em novembro.

Mais em Notícias