Siga-nos
Divulgação/Bellator

Notícias

Josh Barnett e Tito Ortiz mostram interesse por luta de despedida de Fedor Emelianenko

Apesar de ser um esporte novo, o MMA já possui verdadeiros ícones e sempre que uma lenda anuncia a aposentadoria a comunidade lamenta. O veterano Fedor Emelianenko, de 44 anos, considerado por boa parte dos fãs como melhor lutador de todos os tempos, se encaminha para sua despedida e, obviamente, nomes começam a ser especulados para concorrer a posição de último adversário do ‘Último Imperador’. A fama do russo é tão grande, que trouxe de volta ao jogo dois profissionais também condecorados.

Em suas redes sociais, Josh Barnett e Tito Ortiz não pensaram duas vezes ao colocarem seus nomes à disposição para a última luta de Fedor no MMA (veja abaixo ou clique aqui e aqui). Vale lembrar que, em dezembro, Scott Coker, presidente do Bellator, revelou que o plano de sua organização é realizar um evento grandioso para a despedida da lenda e acenou com a possibilidade de marcar um combate em um estádio localizado em Moscou, na Rússia, e com a presença do público. Sabendo disso, Barnett mostrou confiança em ser um nome bem cotado e Tito concordou com um seguidor que lhe indicou.

“Só há uma opção verdadeira aqui”, afirmou Barnett.

“Vou apoiar isso”, concluiu Tito.

Assim como Fedor Emelianenko, Josh Barnett, de 43 anos, também foi um integrante do peso-pesado bastante temido. A curiosidade é que, no Pride FC, o americano enfrentou os maiores nomes da categoria, menos o russo. Vale lembrar que o veterano foi campeão da divisão no UFC. Sua última luta no MMA aconteceu em 2016, quando finalizou Andrei Arlovski.

Tito Ortiz, de 45 anos, se destacou no UFC, conquistou o cinturão dos meio-pesados da organização em 2000 e defendeu o título em cinco oportunidades. As mais recentes vitórias de destaque do americano no MMA foram diante dos contemporâneos Chael Sonnen e Chuck Liddell. A última aparição do veterano aconteceu em 2019, quando finalizou Alberto ‘El Patrón’, ex-integrante da WWE.

Mais em Notícias