Siga-nos

Notícias

Irene Aldana testa positivo para COVID-19 e é retirada de card do UFC

Irene Aldana vem embalada por duas vitórias seguidas no octógono – Leandro Bernardes

Depois de algumas horas de suspense, a equipe de Irene Aldana tornou público que a lutadora mexicana testou positivo para a COVID-19 e por isso teve seu nome retirado do card marcado para o dia 1º de agosto, em Las Vegas (EUA), quando enfrentaria Holly Holm.

O anúncio foi feito pelo manager da atleta através de um comunicado enviado para a reportagem da Ag. Fight. No documento, a atleta relata que fez o exame após apresentar alguns sintomas e que, apesar de ter passado por dias difíceis no início, já está bem e em fase final de recuperação.

Aos 32 anos, Irene, atual número seis do ranking dos pesos-galos (61 kg), estava escalada para enfrentar a ex-campeã Holly Holm no main event do show, mas foi retirada sem explicações por Dana White, presidente da organização, que anunciou horas antes os nomes de Edmen Shahbazyan e Derek Brunson como novos protagonistas do card.

Por sua vez, Holm, de 38 anos, segue sem confirmação sobre seus próximos passos no octógono. Número dois do ranking, a boxeadora vem embalada de vitória por pontos sobre Raquel Pennington em janeiro deste ano.

Mais em Notícias