Siga-nos

Notícias

Floyd Mayweather é acusado de ameaçar fã que teve pedido de foto negado; entenda

Floyd Mayweather ainda não tem dara para voltar a competir –  Diego Ribas

Além de programar seu retorno ao boxe profissional para este ano, Floyd Mayweather tem uma nova preocupação em sua vida. De acordo com o site ‘TMZ Sports’, um relatório policial foi registrado contra o pugilista, que foi acusado de cometer ‘simple assault’, ou seja, teria ameçado uma pessoa de agressão – a confusão teria ocorrido após uma discussão do lado de fora de um hotel em Miami (EUA), no último sábado (1º).

A suposta vítima, Ricco Kimborough, de 32 anos, alega que, após reconhecer o lutador e solicitar uma foto com ele, Mayweather negou seu pedido e disse: “Eu não posso nem receber um ‘bom dia’ primeiro?”. Em seguida, de acordo com o homem que acusa o boxeador, a equipe de seguranças do pugilista o afastou do local, enquanto ‘Money’ o ameaçava aos gritos. Apesar da situação, todas as partes concordam que em nenhum momento Floyd encostou no indivíduo em questão.

Nas imagens obtidas em vídeo pelo site ‘TMZ Sports’ é possível ver a troca de provocações entre eles. Em um momento, Ricco avisa ao lutador que tomaria todo seu dinheiro se levasse uma surra dele. Ao que Mayweather responde: “Você pode levar esse chute no traseiro de graça”. A confusão termina com o boxeador entrando em seu carro e indo embora do local. O caso está nas mãos do Departamento de Polícia de Miami Beach, que investiga as alegações até o momento.

Multicampeão mundial de boxe, Floyd Mayweather anunciou recentemente que pretende voltar a competir profissionalmente em 2020. De acordo com as especulações, um dos possíveis adversários do pugilista nesta nova fase pode ser mais uma vez uma estrela do UFC, como ocorreu contra Conor McGregor, em 2017.

Mais em Notícias