Siga-nos
Natassia del Frate/PxImages

Notícias

Ex-campeã do UFC, Holly Holm comemora entrada em ‘Hall da Fama’ do boxe

Holly Holm é um dos principais ícones da historia dos esportes de combate e seu mais recente feito prova tal status. Na última terça-feira (7), a americana, que conquistou diversos títulos no boxe antes de migrar de vez para o MMA, foi indicada pelo ‘IBHOF’ (Hall da Fama Internacional do Boxe) para integrar a lista dos melhores lutadores de todos os tempos da nobre arte. A cerimônia oficial vai acontecer nos dias 9 a 12 de junho de 2022.

Vale destacar que Holm é a primeira lutadora a disputar lutas no UFC a entrar no ‘Hall da Fama’ do boxe. A veterana, ex-campeã do peso-galo (61 kg) da companhia, iniciou sua trajetória nos ringues em 2002, a encerrou em 2013 com um cartel composto por 33 vitórias, duas derrotas, três empates e foi campeã do IBA (Associação Internacional de Boxe), WBA (Associação Mundial de Boxe), WBC (Conselho Mundial de Boxe), WBF (Federação Mundial de Boxe), NABF (Federação Norte-Americana de Boxe), entre outras organizações.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), a americana comemorou a notícia e se mostrou grata pela homenagem e reconhecimento ao trabalho de uma vida dedicado aos esportes de combate.

“Tenho certeza que terei mais a dizer daqui para a frente, pois estou um pouco sem palavras. Me sinto verdadeiramente humilde e muito honrada por ser reconhecida entre os grandes nomes do boxe. Eu não poderia perseguir meus sonhos sem um sistema de apoio tão forte. Dos meus treinadores, família, amigos, gestão, companheiros de equipe e fãs. Serei eternamente grata e também ainda mais motivada para realizar muito mais na minha vida. Amo os esportes de combate, pois sempre farão parte de quem eu sou. Está no meu sangue e eu adoro isso! Do fundo do meu coração, obrigado!”, escreveu Holm em sua conta oficial no ‘Instagram’.

Além da trajetória de sucesso no boxe, Holly Holm, de 40 anos, também alcançou destaque no MMA. Nas artes marciais mistas de 2011 até o presente momento, ‘The Preacher’s Daughter’ realizou 19 lutas, venceu 14 e perdeu cinco vezes. Pela modalidade, a americana conquistou o título do peso-galo do Legacy FC, do UFC, disputou o título da categoria mais uma vez e o do peso-pena (66 kg) em duas oportunidades. Seus triunfos de maior importância foram sobre Irene Aldana, Megan Anderson e Ronda Rousey.

Mais em Notícias