Siga-nos

Vídeos

‘Durinho’ recorda reviravolta em luta contra ‘Cowboy’ e admite: “Fiquei muito na pressão”

Gilbert ‘Durinho’ vive grande momento no UFC nos meio-médios – Erik Engelhart

Em março de 2015, Gilbert ‘Durinho’ enfrentou seu primeiro grande desafio no Ultimate e ele aconteceu de uma forma inesperada para ele. Programado para encarar Josh Thomson, o brasileiro viu seu rival sair de última hora e ser substituído pelo, até então pouco conhecido, Alex ‘Cowboy’. E o que se viu no ginásio do Maracanãzinho, no UFC Rio 5, foi uma verdadeira batalha em três rounds com uma reviravolta final.

Em entrevista ao canal do ‘Youtube’ oficial do UFC no Brasil, os dois lutadores envolvidos no combate relembraram esse confronto que levantou o público na época. ‘Durinho’ recordou que entrou com uma pressão extra nesse embate, por já vir de duas vitórias seguidas no Ultimate e enfrentar um azarão. Por isso, o faixa-preta de jiu-jitsu admitiu que se colocou um peso a mais e não estava conseguindo render até encaixar uma finalização no terceiro round e somar seu terceiro triunfo na liga.

“Foi uma luta que fiquei muito na pressão, porque o UFC e a mídia estavam apostando muito em mim e trocou o oponente. O ‘Cowboy’ não era conhecido e fiquei na obrigação de ganhar. Peguei muito essa pressão e comecei a tomar uma surra no primeiro, segundo round. Não estava conseguindo enxergar no segundo round e achei que a luta já estava perdida. O Henri (Hooft) conseguiu me colocar no trilho de novo e só o jiu-jitsu salva. Foi uma vitória que me testei muito. Tive que brigar comigo mentalmente, porque estava muito difícil. Foi a primeira na carreira que tive mais dificuldade. Foi uma vitória especial”, explicou Gilbert.

Apesar de ter saído com o revés em um duelo que estava dominando as ações, ‘Cowboy’ não vê essa luta com frustração, pelo contrário. O lutador destacou que após essa apresentação foi bastante reconhecido na organização e conseguiu se manter no Ultimate, além de não poupar elogios ao seu algoz.

“Depois dessa luta eu falei com meu mestre que não tinha perdido para qualquer um. Durinho é muito duro, tem um respeito grande. Fiquei feliz e o mundo todo viu que fizemos uma guerra e vi que tinha potencial para estar no UFC. Tenho orgulho de ter lutado com ele”, completou ‘Cowboy’.

Atualmente, Gilbert ‘Durinho’ vive grande momento no Ultimate, com cinco vitórias seguidas e é o sexto no ranking oficial dos meio-médios (77 kg). A última delas aconteceu diante de Demian Maia, em março deste ano, por nocaute. Já Alex ‘Cowboy’ pisou no octógono em março deste ano, em triunfo sobre Max Griffin.

Mais em Vídeos