Siga-nos
Leandro Bernardes/PxImages

Notícias

De novo! Ex-campeão do UFC, ‘BJ’ Penn é preso por dirigir embriagado; assista

Jay Dee Penn III, mais conhecido como ‘BJ’ Penn, não consegue se livrar das polêmicas. Em suas últimas aparições no MMA, a lenda do UFC não encantou como outrora e perdeu destaque no esporte, mas não nas páginas policiais. O ex-lutador foi preso no dia 23 de janeiro, em Honokaa, no Havaí (EUA), por suspeita de dirigir embriagado depois que a polícia recebeu uma denúncia sobre um motorista imprudente (veja abaixo ou clique aqui).

De acordo com o site ‘MMA Fighting’, o ex-campeão do peso-leve (70 kg) e dos meio-médios (77 kg) da organização foi liberado na sequência, embora as investigações continuem. O veterano ainda não se pronunciou oficialmente a respeito do episódio.

A prisão de ‘BJ’ se tornou pública após o registro do momento ser divulgado nas redes sociais. No vídeo, o americano aparece reclamando enquanto é preso e conduzido por dois policiais para dentro de um veículo. Vale lembrar que essa não é a primeira vez que o ex-campeão do UFC se envolve em problemas desse tipo.

Em fevereiro de 2020, o veterano cometeu a mesma infração ao bater com seu caminhão na entrada de um shopping. Após a colisão, o veterano foi hospitalizado. Em 2019, ‘BJ’ também estampou os noticiários ao ser flagrado em uma briga de rua, na qual acabou nocauteado.

Ainda de acordo com o mesmo site, ‘BJ’ foi processado recentemente por uma mulher que o acusa de ser o pai de sua filha. Antes disso, o havaiano também se envolveu em uma batalha judicial com a ex-companheira pela custódia de seus filhos. Inclusive, ela entrou com uma ordem de restrição contra o ex-campeão, já que alegou ser vítima de violência doméstica.

‘BJ’ Penn, de 42 anos, é um dos integrantes do Hall da Fama do UFC. O havaiano conquistou o cinturão dos meio-médios da companhia ao finalizar Matt Hughes em 2004 e do peso-leve ao finalizar Joe Stevenson em 2008. Se o passado do veterano foi glorioso, o mesmo não se aplica ao final de sua carreira. O americano perdeu as últimas sete lutas que disputou.

Mais em Notícias