Siga-nos
UFC/ Divulgação

Notícias

Dana White afirma que Shogun deveria se aposentar do MMA

Presidente do UFC, Dana White conversou com a imprensa logo após o final do card do UFC 255 neste sábado (21) e não escondeu sua visão sobre uma lenda do esporte. Ao ser questionado sobre a performance de Maurício ‘Shogun’, que foi nocauteado por Paul Craig, o cartola deixou clara sua vontade de ver o atleta pendurar as luvas.

Em breve análise sobre a derrota do curitibano, o cartola afirmou que, apesar de Shogun ainda ter duas lutas no contrato, deseja que ele não se apresente mais no octógono. E, ao que tudo indica, ele vai ter essa conversa com o veterano em breve.

“Sim, acho que chegou a hora dele parar, não gostaria de ver ele lutar de novo. (…) Não me pareceu o Shogun. Ele pareceu velho. (…) Sim, quero que ele pare, acho que ele tem mais duas lutas no contrato”, declarou Dana.

Aos 38 anos, Shogun perdeu sua luta de número 12, em cartel que conta com 27 vitórias e empate. Ex-campeão do UFC e vencedor do GP do Pride, o brasileiro havia declarado no início da semana que não se imagina lutando por muito tempo e que poderia se aposentar em 2020.

Acompanhe os resultado do card preliminar do UFC 255:

Deiveson Figueiredo finalizou Alex Perez no 1º round;
Valentina Shevchenko venceu Jennifer Maia por decisão unânime;
Tim Means venceu Mike Perry por decisão unânime;
Katlyn Chookagian venceu Cynthia Calvillo por decisão unânime;
Paul Craig nocauteou Maurício ‘Shogun’ no 2º round;
Brandon Moreno nocauteou Brandon Royval no 1º round;
Joaquin Buckley nocauteou Jordan Wright no 2º round;
Antonina Shevchenko nocauteou Ariane Lipski no 2º round;
Nicolas Dalby venceu Daniel Rodriguez por decisão unânime;
Alan Jouban venceu Jared Gooden por decisão unânime;
Kyle Daukaus venceu Dustin Stoltzfus por decisão unânime;
Sasha Palatnikov nocauteou Louis Cosce no 3º round.

Mais em Notícias