Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

Notícias

Dana lamenta atuação de Ferguson: “Ele precisa descansar e descobrir o que fazer”

O MMA é um esporte de ciclos que tem a capacidade de transformar a carreira de um lutador tanto positivamente quanto negativamente, e o UFC 256 apresentou mais uma ‘troca de guarda’. No evento realizado no último sábado (12), em Las Vegas (EUA), Charles ‘Do Bronx’ dominou facilmente o veterano Tony Ferguson, venceu um dos rounds por 10×8 na opinião dos três juízes laterais e recebeu elogios de Dana White – no entanto, a presidente do show não foi tão simpático ao analisar a performance do norte-americano.

Em entrevista coletiva após a realização do evento, o cartola não só lamentou a performance do ex-campeão interino do peso-leve (70 kg), como também mostrou preocupação com a atual fase do lutador, derrotado nos dois combates que disputou na temporada 2020. Inclusive, o mandatário da organização pediu para que Ferguson descanse e se recupere, e não descartou a hipótese do mesmo ter entrado em declínio técnico.

“Achei que poderíamos ver o o velho Tony. Achei que na última luta (contra Justin Gaethje) ele foi afetado pelo corte de peso. Dez em cada dez pessoas desistiriam naquela chave-de-braço. O fato dele ter resistido é inacreditável, é apenas uma prova de como Tony é resistente, durável e louco! É possível que seus melhores dias no esporte tenham passado. Ele precisa ir para casa, passar as férias com a família, tirar uma folga e pensar no que quer fazer em 2021. Veremos o que vem por aí para ele. Cada vez que você luta, isso é sempre possível (não ser mais o mesmo). Ele é um cara que precisa levar algum tempo. Descubra o que quer fazer, qual será o plano de jogo para 2021”, decretou Dana.

Na atual temporada, Tony Ferguson experimentou um momento que nunca viveu em sua carreira. O norte-americano sempre foi visto como um dos grandes nomes da história do peso-leve e a sequência de 12 vitórias justificava seu status e o levou a ser considerado o principal antagonista do campeão Khabib Nurmagomedov. Contudo, o tão aguardado embate entre os rivais não se concretizou. Atualmente, o atleta, de 36 anos, ainda possui um lugar de destaque no ranking do peso-leve, porém foi nocauteado por Justin Gaethje e controlado por Charles ‘Do Bronx’.

Mais em Notícias