Siga-nos

Notícias

Colby Covington revela que pretende migrar para a WWE em 2021

Colby Covington é conhecido por suas polêmicas – Rigel Salazar

Conhecido por sua personalidade exagerada e declarações polêmicas, Colby Covington, por vezes, se assemelha mais a um lutador de pro wrestling do que a um atleta de MMA. E, ao que parece, esse pode ser o destino do falastrão em breve. Em entrevista ao programa ‘What the Heck’ do site ‘MMA Fighting’, o meio-médio (77 kg) do UFC revelou que pretende migrar para o telecatch, mais especificamente para a WWE – principal organização de pro wrestling dos Estados Unidos -, em breve.

Uma das poucas ligas esportivas ainda ativas durante a pandemia do novo coronavírus, a WWE realizou recentemente o WrestleMania 36, principal evento anual da entidade. Gravado em uma arena sem público, o evento foi transmitido por pay-per-view e contou com enorme audiência. Dentre os que acompanharam o show estava Colby, que elogiou a capacidade teatral dos lutadores que conseguiram entreter os telespectadores mesmo sem contar com a adrenalina de uma platéia lotada, como estão acostumados. Apesar disso, o falastrão não poderia deixar de cutucá-los ao afirmar que pretende ingressar na companhia para dar um ar mais real às lutas simuladas.

“Esses caras são verdadeiros atletas entertainers do esporte. Fazer um show como esse para o mundo enquanto todos estão em casa assistindo, você não tem a mesma energia do público e a mesma adrenalina que você recebe quando entra em uma arena lotada. Então, ver esses caras lá colocando tudo em jogo, eu respeito esses caras. Eles são alguns dos que mais trabalham duro na Terra. Espero me somar a eles algum dia. Tenho muito amor e respeito por Vince McMahon (CEO da WWE) e pelo que ele tem feito pelo modelo de negócios da WWE”, declarou Covington, antes de completar.

“Eu quero ir para a WWE e fazer o (pro) wrestling real novamente. Quero que as pessoas apoiem e achem que é real. Você não vai pular das cordas em mim porque eu vou tirar você com um double leg, você não vai chegar lá em cima. Então, eu pretendo ir para a WWE e fazer o wrestling real novamente no futuro próximo. Até lá, eu vou estar aposentando todos os velhos rabugentos aqui no UFC”, revelou o ex-campeão interino dos meio-médios do Ultimate.

Questionado sobre quando pretende migrar de modalidade, ‘Chaos’, como é conhecido, citou o verão norte-americano de 2021, que se iniciará no meio do ano que vem. Com trejeitos caricatos e adepto das declarações polêmicas, características fundamentais para um astro do pro wrestling, Covington projeta se adaptar de forma rápida na WWE, de olho nos robustos valores pagos pela companhia às principais estrelas de seu plantel. Para isso, o lutador revelou que já vem se preparando para a mudança, física e mentalmente.

“Eu diria provavelmente em 2021. No próximo verão, não neste verão, mas no próximo. Tenho praticado os movimentos e realmente trabalhado nas minhas habilidades de promoção e com o microfone. E apenas desacelerando as coisas e entendendo a arte do wrestling. Quero ter certeza que quando eu for para lá, que eu faça o maior barulho possível porque eu não estou aqui por um longo tempo, eu estou aqui por um bom tempo e não estou aqui para fazer amigos. Estou aqui para ganhar dinheiro. Quando eu for para lá, eu quero ganhar caminhões lotados de dinheiro. Todo mundo sabe que eu faço bons negócios, eu coloco números, as pessoas querem me ver, eu entretenho, e as pessoas são divididas sobre mim. Elas me odeiam e me amam, mas é tudo a mesma coisa no fim do dia”, concluiu o americano.

Ex-campeão interino dos meio-médios, Colby teve a oportunidade de conquistar o cinturão linear da categoria em sua última apresentação, mas acabou derrotado por Kamaru Usman, no UFC 245, em dezembro do ano passado. Fora dos octógonos, Covington coleciona desavenças com diversos atletas do plantel do Ultimate, incluindo alguns de sua própria equipe, a American Top Team (ATT), como Jorge Masvidal, Joanna Jedrzejczyk e Dustin Poirier.

Mais em Notícias