Siga-nos
Leandro Bernardes / PxImages

Notícias

Chris Weidman revela que precisará passar por nova cirurgia em perna fraturada

Depois de compartilhar seu, até certo ponto, rápido progresso na recuperação da grave fratura na perna que sofreu há cerca de três meses, Chris Weidman se vê agora tendo que lidar com um infeliz contratempo. Em entrevista ao ‘MMA Today on SiriusXM’, o ex-campeão peso-médio (84 kg) do UFC revelou que precisará passar por um novo procedimento cirúrgico e, com isso, retroceder sua recuperação.

De acordo com o lutador americano, os ossos de sua perna não estão se recuperando de forma satisfatória e, por isso, os médicos optaram por levá-lo novamente à mesa de cirurgia, que deve ocorrer, segundo ele, daqui a duas semanas. Apesar do contratempo, Weidman tenta manter o otimismo e enxergar a situação por um lado positivo, ciente de que existem pessoas em situações mais adversas pelo mundo.

“Na verdade, eu vou fazer outra cirurgia – eu acabei de descobrir. Eu vou fazer outra cirurgia, muito provavelmente no dia 11 de agosto. Eles vão ter que colocar uma placa no osso da fíbula porque é considerado uma não-união, então os ossos não estão cicatrizando da forma como deveriam, o que é uma m***. Eu esperava alguns contratempos e problemas com esse tipo de lesão traumática, e eu tenho passado por muitos”, contou Weidman, antes de continuar.

“No final do dia, eu acho que minha mentalidade é: eu sou uma pessoa positiva, para começo de conversa. Não que eu não tenha momentos de negatividade e preguiça, e falta de motivação, mas eu normalmente sou uma pessoa do tipo copo meio cheio. Eu acho que isso ajuda. Se eu algum dia me sentir mal por mim mesmo, é muito fácil olhar para outra pessoa que está pior e perceber que você não tem nada do que reclamar e você não deveria sentir pena de si mesmo”, finalizou.

Ex-campeão do Ultimate, Chris Weidman sofreu a grave lesão no último dia 24 de abril, ao enfrentar o jamaicano Uriah Hall, pelo card do UFC 261, em Jacksonville (EUA). Com pouco menos de 20 segundos de luta, o americano teve um chute bloqueado pelo oponente, o que gerou um impacto responsável por quebrar sua perna direita.

Curiosamente, em 2013, o lutador esteve do lado oposto da dramática situação. Em sua primeira defesa de título, diante do antigo campeão Anderson Silva, Weidman viu o brasileiro sofrer uma lesão similar, da mesma forma, ao ter um chute bloqueado por ele.

Mais em Notícias