Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

Boxe

‘Borrachinha’ insinua migração para o boxe após encerrar contrato com o UFC

Após vencer sua luta mais recente no UFC, Paulo Costa está em alta na organização, mas segue atento, em busca de melhores opções no mercado. Em agosto, em Utah (EUA), ‘Borrachinha’ encerrou a má fase, que durava dois combates, ao superar Luke Rockhold por decisão unânime e, agora, passou a ver seu nome ser ligado pela imprensa especializada a um provável duelo com Robert Whittaker, em fevereiro, na Austrália. De qualquer forma, o brasileiro dá a entender que uma mudança significativa em sua carreira pode acontecer em breve.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), ‘Borrachinha’ cogitou trocar o MMA pelo boxe, assim que seu contrato com o UFC se encerrar. Atualmente, o brasileiro possui apenas mais uma luta em seu vínculo com a companhia e não esconde sua insatisfação com a questão salarial. Ciente de que a nobre arte costuma oferecer remuneração elevada aos seus atletas, o mineiro trata como real a possibilidade de se aventurar no tradicional esporte. Inclusive, Paulo já até discutiu com Jake Paul e se colocou à disposição para enfrentá-lo no ringue.

“Meu contrato miserável com o UFC vai terminar em poucos meses, vai expirar no tempo. Um novo boxeador está chegando à cidade!”, escreveu o ex-desafiante ao título do UFC em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Paulo Costa, de 31 anos, é um dos principais lutadores brasileiros no UFC. O atleta, dono de um estilo de luta empolgante, ficou conhecido no esporte por conta do poder de seus golpes e de seu porte físico acima da média para atuar no peso-médio (84 kg). ‘Borrachinha’ iniciou sua trajetória no MMA em 2012 e estreou no Ultimate em 2017. Pela companhia, o mineiro realizou oito combates, venceu seis deles, disputou o título da categoria e perdeu duas vezes. Seus triunfos mais importantes foram sobre Johny Hendricks, Luke Rockhold, Uriah Hall e Yoel Romero.

Mais em Boxe