Siga-nos

Notícias

Bellator anuncia retorno dos eventos ao vivo para o dia 24 de julho

Sergio Pettis será um dos protagonistas do evento de volta do Bellator – Diego Ribas

Após meses de paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus, o Bellator retomará suas atividades no próximo dia 24 de julho. O evento – que será realizado na ‘Mohegan Sun Arena’, na cidade de Uncasville, em Connecticut (EUA) – terá em sua luta principal o duelo entre os pesos-galos (61 kg) Sergio Pettis e Ricky Bandejas.

No último dia 13 de março, a poucas horas do início da edição 241, o Bellator decidiu cancelar o card de última hora e priorizar a segurança de todos os envolvidos, tendo em vista a explosão de casos de COVID-19 nos Estados Unidos à época. Agora a organização presidida por Scott Coker retorna com seus shows ao vivo tomando as devidas medidas de proteção, como a realização do evento do dia 24 de julho com os portões fechados, sem a presença de público.

“No dia 24 de julho, o Bellator está de volta. Eu estou feliz em anunciar nosso evento de retorno nesse mês no Mohegan Sun, que sempre foi um incrível parceiro de sede para nós. O time tem trabalhado incansavelmente para fazer esse show acontecer e eu sei que os lutadores estão prontos para competir. Nós montamos um card empolgante com grandes combates, apresentando algumas de nossas melhores jovens promessas. Estamos ansiosos para que nossos fãs se juntem a nós no Paramount Network (canal de TV que transmitirá o evento) para o que será com certeza uma noite memorável de ação dentro do cage do Bellator”, declarou Scott Coker, presidente do Bellator, em comunicado à imprensa.

Irmão mais novo do ex-campeão peso-leve (70 kg) do UFC Anthony Pettis, Sergio Pettis – que também teve longa passagem pelo Ultimate – estreou com o pé direito pelo Bellator em janeiro deste ano, quando finalizou Alfred Khashakyan ainda no primeiro round, na edição 238 do evento. Uma nova vitória em sua segunda apresentação pela entidade, desta vez contra Ricky Bandejas, no dia 24 de julho, pode encurtar o caminho do americano rumo ao ‘title shot’ na divisão dos galos.

Vindo de duas vitórias por nocaute consecutivas no cage do Bellator, Ricky Bandejas tentará ampliar a boa fase e se aproximar de uma disputa pelo cinturão peso-galo, que se encontra vago no momento. Com 13 triunfos na carreira, sendo seis por nocaute e três por finalização, e apenas três derrotas, o americano promete dificultar a vida do ex-lutador do UFC.

Mais em Notícias