Siga-nos

Notícias

Bare Knuckle FC promove evento de retorno com presença de público

Assim como o Bellator, o Bare Knuckle FC promove nesta sexta-feira (24) o primeiro show desde a paralisação forçada pela pandemia do novo coronavírus. No entanto, diferentemente de grande parte dos eventos esportivos que já retomaram suas atividades, a edição 11 do torneio – marcada para acontecer na cidade de Oxford, no Mississippi (EUA) – contará com a presença de público.

A realização do Bare Knuckle 11 com portões abertos, ainda que com capacidade de público limitada, se deve ao fato do Mississippi ser um dos estados norte-americanos que já afrouxou as restrições impostas para contenção da pandemia do COVID-19 – sendo assim possível fazer um evento esportivo com 25% da capacidade da arena preenchida. Apesar disso, a entidade – que promove combates de boxe sem luvas – optou por prosseguir com um número ainda menor de fãs presentes no local, visando evitar riscos desnecessários.

“Existe muita preparação para que isso aconteça e muita precaução. Os testes de coronavírus para todo mundo, as medições de temperatura, a quarentena, existe muita coisa sendo feita para manter todo mundo seguro. Nós vamos ter uma plateia limitada. Foi permitido que nós tivéssemos um público limitado em Mississippi. Nós não exageramos, mantivemos bem leve. Eu fiz isso pelo ambiente e para ter os fãs celebrando ao fundo, mas todo mundo vai estar separado pelo distanciamento social. Todos vão estar usando máscaras e todas as precauções necessárias que nós temos visto em outros esportes e organizações ao promover seus eventos”, declarou David Feldman, presidente do Bare Knuckle FC, antes de completar.

“Segurança é a nossa maior preocupação. Sempre foi em qualquer coisa que fizemos com o Bare Knuckle e agora com o COVID-19, nós estamos tomando precauções extras também. Nós podemos ter cerca de 1200 fãs, é uma arena com capacidade para 4000 acentos, nós podemos ter 25 por cento (ocupado). Mas nós cortamos isso para 500 pessoas porque nós queremos ter certeza que está completamente espaçado”, contou o dirigente, em entrevista ao site ‘MMA Fighting’.

A luta principal do Bare Knuckle 11 será protagonizada pelo ex-UFC Isaac Vallie-Flagg e por Luis Palomino, que disputam o cinturão peso-leve da organização. A entidade já tem planejado os próximos quatro eventos, marcados para os dias 21 de agosto, 19 de setembro, 16 de outubro e 14 de novembro.

Mais em Notícias