Siga-nos
Reprodução/Youtube

Notícias

Aos 55 anos, Hall da Fama do UFC desafia campeão Francis Ngannou

O boxe pode não ser o único esporte a ver o retorno de grandes lendas à atividade, como tem ocorrido recentemente. Membro do Hall da Fama do UFC, o americano Don Frye revelou – em entrevista ao podcast ‘The Joe Rogan Experience’ – ter interesse em uma possível volta ao MMA, e apontou, inclusive, um adversário de sua preferência caso seu desejo se concretize.

Sem titubear, o veterano citou o camaronês Francis Ngannou, campeão peso-pesado do Ultimate e um dos lutadores com maior poder de nocaute na atualidade, como o oponente ideal para sua hipotética volta aos octógonos. A declaração pegou o apresentador do podcast, e comentarista oficial do UFC, de surpresa.

Aparentemente entretido pela situação, Joe Rogan ainda questionou se Frye não considerava enfrentar um atleta de idade similar a dele, apenas para ser rebatido pelo veterano, que negou ter interesse em um confronto dessas características. Aos 55 anos, Don Frye não luta desde 2011, quando foi nocauteado por Ruben Villareal, no evento ‘Gladiator Challenge: Mega Stars’.

“Eu quero fazer um retorno. Com certeza. Eu adoraria lutar com (Francis) Ngannou. Ele é incrível”, disparou Frye, antes de ser questionado por Rogan se não seria melhor lutar com alguém de sua idade.

“Por que? Eles não têm o cinturão, tem?”, finalizou o veterano.

Ativo no MMA profissional entre os anos de 1996 e 2011, Don Frye acumulou um cartel de 20 vitórias, nove derrotas, um empate e um ‘no contest’ (sem resultado). Com passagens de destaque pelos dois maiores eventos de sua época, Pride e UFC, o americano tem como maiores conquistas da carreira os títulos dos torneios do UFC 8 e do Ultimate Ultimate 96. O veterano foi introduzido ao Hall da Fama do UFC em 2016.

Mais em Notícias