Siga-nos

Notícias

Alvo de investigações, vitória de Tito Ortiz no Combate Americas é cassada

Tito Ortiz é membro do Hall da Fama do UFC – Diego Ribas

Em dezembro do ano passado, Tito Ortiz precisou de pouco mais de três minutos para finalizar Alberto Rodriguez – ex-astro da WWE (liga de pro wrestling americana) – e conquistar sua vigésima primeira vitória na carreira. No entanto, o mais recente triunfo do ex-campeão do UFC foi, ao menos momentaneamente, modificado e o resultado final da luta principal do ‘Combate Americas: Tito vs Alberto’ é citado como ‘no decision’ (sem decisão) nas papeletas oficiais do Departamento de Licença e Regulação do Texas, entidade responsável pela supervisão do evento.

A informação foi divulgada em primeira mão pelo site ‘MMA Junkie’, que, em contato com um responsável pela comunicação do Departamento de Licença e Regulação do Texas, descobriu que o resultado foi modificado enquanto investigações são realizadas. Apesar da confirmação, a entidade optou por não entrar em detalhes sobre os motivos que provocaram a revisão da vitória de Tito Ortiz.

Ortiz dominou o combate contra Rodriguez, que estava afastado do MMA profissional há quase uma década. O duelo de veteranos terminou ainda no primeiro assalto após o ex-campeão do UFC encaixar um mata-leão que lhe garantiu o triunfo em sua estreia pelo Combate Americas.

Membro do Hall da Fama do UFC, Tito Ortiz foi uma das primeiras superestrelas da organização. O americano reinou soberano como campeão meio-pesado (93 kg) da entidade entre 2000 e 2003. Ao todo em sua carreira no MMA, ‘The Huntington Beach Bad Boy’, como é conhecido, acumula 20 vitórias, 12 derrotas, um empate e este combate ‘sem resultado’ contra Alberto Rodriguez, primeiro lutador nascido no México a conquistar o cinturão da WWE.

Mais em Notícias