Siga-nos
Divulgação/PFL

Eventos internacionais

Pesos-pesados brasileiros dão show e iniciam temporada 2022 do PFL com pé direito

No segundo evento do ano, realizado na quinta-feira (28), o PFL promoveu a estreia dos pesos-pesados e dos pesos-penas (66 kg) na temporada 2022. E o grande destaque da noite ficou por conta dos brasileiros Bruno Cappelozza e Renan ‘Problema’, que precisaram de menos de um round para vencer seus adversários por nocaute.

Campeão do torneio peso-pesado do ano passado, Bruno Cappelozza iniciou sua caminhada na nova temporada com o pé direito. Ainda no primeiro round da luta principal do evento, o brasileiro acertou um potente cruzado de direita que levou o inglês Stuart Austin à knockdown e aproveitou a oportunidade para, da montada, completar o serviço com um eficiente jogo de ground and pound que obrigou o árbitro central a encerrar o combate.


Com a vitória por nocaute técnico no primeiro round, Cappelozza somou seis pontos e deu um passo importante para se classificar para os playoffs do torneio dos pesos-pesados, onde tentará repetir a conquista da temporada passada. Quem também iniciou o ano com o pé direito e tomou a liderança na tabela de classificação dos pesados foi Renan ‘Problema’.

O gigante brasileiro precisou de apenas 25 segundos para nocautear seu oponente, o americano Jamelle Jones, e bater o recorde de vitória mais rápida na história do PFL. Com o resultado, Renan também garantiu seis pontos, ficando com a liderança momentânea entre os pesos-pesados nos critérios de desempate.


Os outros dois brasileiros presentes no card do PFL 2 também saíram vitoriosos de seus combates, ainda que com menor destaque. O peso-pesado Klidson Abreu venceu Adam Keresh, enquanto o peso-pena Sheymon Moraes superou Boston Salmon, ambos na decisão dos juízes, o que garante três pontos para cada um dos atletas.

 

Mais em Eventos internacionais