Siga-nos
exclusivo!

Entrevistas

Vendramini responde provocação de rival estreante no UFC: “Vai ficar feio para ele”

Neste sábado (4), Luigi Vendramini fará sua quarta aparição no Ultimate e tem um duelo interessante pela frente. No UFC Vegas 36, evento que acontece em Las Vegas (EUA), o brasileiro vai medir forças com o estreante Paddy Pimblett, que chega ao maior palco de MMA do mundo com muito ‘hype’. Ciente da popularidade do adversário e do ‘hype’ que o mesmo carrega por seu currículo conquistado na Europa, ‘The Italian Stallion’ almeja roubar os holofotes.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight, Vendramini mostrou confiança para a luta contra Pimblett e disposição para encerrar o ‘hype’ do rival. Para o duelo, o inglês, que se destacou no ‘Cage Warriors’, prometeu impressionar na estreia e cravou que vai vencer no primeiro round. Ao tomar conhecimento da declaração do rival, o brasileiro avisou que o mesmo terá um choque de realidade neste sábado. E o motivo de tal afirmação é simples. De acordo com ‘The Italian Stallion’, o nível do UFC é diferente e ‘The Baddy’ vai descobrir isso da pior forma.

“A preparação foi boa. Não me preocupo contra quem eu vou lutar. Meu foco é ficar melhor a cada dia. Estou preparado e veremos se ele é bom mesmo. Para começar a falar, tem que passar primeiro por mim. Acho que ele está emotivo por entrar no UFC, está achando que é o ‘playground’, mas não está entendendo que aqui não é a Inglaterra, não é o ‘Cage Warriors’. O UFC é a Copa do Mundo, quem está aqui é muito bom. Acho que ele está viajando e vai quebrar a cara. Vai ficar feio para ele. Não o vejo me vencendo”, avaliou Luigi.

Além de provocar Vendramini, Pimblett atacou Khabib Nurmagomedov, se envolveu em confusão com lutadores da Geórgia e prometeu que vai dominar o UFC. Sendo assim, o brasileiro classificou o rival como uma espécie de novo Conor McGregor, devido ao ‘trash talk’ e não por conta de seus feitos. Como foi menosprezado, ‘The Italian Stallion’ respondeu o desafeto da mesma forma e não se mostrou impressionado com o que o mesmo apresentou até o momento ou preocupado com o risco que ele possa lhe oferecer no octógono.

“Ele fala muito, porque sabe que a galera compra isso, mas não estou preocupado. Não acho que ele seja um adversário tão duro. Já enfrentei lutadores melhores do que ele, tenho mais lutas no UFC. Não estou preocupado com o hype dele. Ele está parecendo o McGregor. Ele vai entrar com tudo, afoito e vai acabar se arrebentando. A vida não é um mar de rosas. Se ele quiser acabar a luta no primeiro round, será ótimo para mim. Espero que ele esteja preparado, porque quero ver me bater. O negócio se resolve na hora”, concluiu.

No MMA profissional desde 2016, Luigi Vendramini, de 25 anos, soma nove vitórias e duas derrotas em seu cartel. Pelo UFC, ‘The Italian Stallion’ estreou em 2018, disputou três lutas, venceu uma e perdeu duas vezes. O brasileiro é uma promessa do esporte, que empolga por conta de seu estilo de luta agressivo e empolgante. Tanto que tosos os triunfos que conquistou foram pela via rápida (cinco por nocaute e quatro por finalização).

Mais em Entrevistas