Siga-nos

Entrevistas

Thiago ‘Marreta’ promete conquistar cinturão dos meio-pesados do UFC em 2022

O UFC Vegas 38 foi especial para Thiago Santos, pois marcou sua volta ao caminho vitorioso. No evento que aconteceu no último sábado (2), em Las Vegas (EUA), ‘Marreta’ passou por Johnny Walker por decisão unânime, defendeu sua quinta posição no ranking dos meio-pesados (93 kg) e readquiriu confiança. Após encerrar a má fase, que durou três combates, o atleta mostrou empolgação quanto ao seu futuro na companhia.

Na coletiva de imprensa pós-UFC Vegas 38, com presença da reportagem da Ag.Fight (veja acima ou clique aqui), ‘Marreta’ expressou o interesse em seguir enfrentando os grandes nomes dos meio-pesados da organização. Até porque seu objetivo no MMA é claro, ou seja, é se tornar campeão da categoria, algo que quase aconteceu em 2019.

Na ocasião, ‘Marreta’ enfrentou Jon Jones e surpreendeu a comunidade do MMA ao levar o até então número um da categoria ao limite, mas perdeu por decisão dividida. Tanto que o brasileiro é o único lutador a vencer ‘Bones’ para um dos juízes laterais. Como desperdiçou a oportunidade anteriormente, o veterano prometeu que, em 2022, vai disputar o título dos meio-pesados pela segunda vez em sua carreira e irá conquistar o tão desejado cinturão.

“Quero um top-5, alguém que vá me levar direto para o cinturão, não tem outro caminho. Não vou olhar para baixo de novo. Já aceitei essa luta, venci, lutei bem, decisão unanime e agora quero olhar para cima. Quero um top-5, alguém que vai me levar para o cinturão. Não tem outro caminho. Não quero ficar muito tempo parado. A vitória veio, estava precisando e dei meu melhor. Vou buscar esse cinturão, ele será meu”, decretou o lutador.

Thiago ‘Marreta’, de 36 anos, ocupa a quinta posição no ranking dos meio-pesados do UFC. O brasileiro estreou pela maior organização de MMA do mundo em 2013, disputou 22 lutas, venceu 14, sendo 11 por nocaute, e levou a pior oito vezes. Seus principais triunfos no esporte foram diante de Anthony Smith, Jack Hermansson, Jan Błachowicz, Johnny Walker, Kevin Holland e Nate Marquardt.

Mais em Entrevistas