Siga-nos

Entrevistas

Philipe Lins mostra empolgação para luta após primeiro triunfo no UFC

Após vencer sua última luta, realizada em abril, em Las Vegas (EUA), Philipe Lins encerrou a má fase no MMA e afastou qualquer possibilidade de ser cortado do UFC. Agora, aliviado com o primeiro triunfo na maior organização do esporte justamente em sua estreia nos meio-pesados (93 kg) dela, o brasileiro está motivado na busca pelo novo resultado positivo neste sábado (1º), diante de Maxim Grishin.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight (veja acima ou clique aqui), Philipe comemorou o importante triunfo sobre Marcin Prachnio e avisou que o gosto da vitória o motivou a passar por Grishin para, quem sabe, figurar no top-15 dos meio-pesados do UFC. Antes de integrar a organização, o brasileiro atuou no PFL e foi campeão do peso-pesado, mas revelou que, agora, encontrou sua melhor versão no MMA ao mudar de categoria. Empolgado por estar mais leve e saudável, visto que conviveu com lesão e problemas de saúde, o atleta mostrou ter conhecimento sobre o atual oponente, que, assim como ele, venceu o último combate que realizou. Portanto, ‘Monstro’ indica que, para evitar o perigo que o russo representa em pé, deve explorar o grappling.

“A vitória deu uma folga para mim, eu estava com a corda no pescoço. Vamos seguir em frente, acredito que estou no caminho certo. Nunca fui um pesado grande e vinha com duas derrotas seguidas, então a decisão foi minha, junto com meus treinadores e empresário. Acredito que estou na categoria certa. Estou me sentindo bem melhor, mais saudável. É uma luta boa, ele é um cara experiente, mas estou pronto para a guerra, montei uma ótima estratégia, fiz um ótimo camp. Acredito que será um grande combate e eu estou pronto. Acho que ele é mais perigoso no kickboxing e eu levo vantagem na velocidade e no jiu-itsu. Acredito que uma vitória pode me colocar no top-15“, declarou o lutador.

Philipe Lins, de 37 anos, encontrou problemas no início de sua trajetória no UFC, mas se recuperou na atual temporada. No peso-pesado, ‘Monstro’ perdeu para Andrei Arlovski e Tanner Boser e, em seguida, decidiu tentar a sorte nos meio-pesados. Na atual categoria, o brasileiro superou Marcin Prachnio. Agora, o atleta encara Maxim Grishin, neste sábado, para tentar igualar seu registro na companhia.

Mais em Entrevistas