Siga-nos

Entrevistas

Marlon Vera prega paciência por ‘title shot’, mas esbanja confiança: “Vou ser campeão”

A vitória por nocaute sobre Dominick Cruz na luta principal do UFC San Diego, no último sábado (13), deixou Marlon Vera em uma situação privilegiada na divisão dos galos (61 kg). O equatoriano chegou ao quarto triunfo consecutivo, dois deles diante de ex-campeões da organização, e se colocou definitivamente na briga por uma oportunidade de disputar o cinturão da categoria em um futuro próximo.

Apesar da excelente atuação diante do ex-campeão dos galos, que lhe rendeu inclusive o prêmio de ‘Performance da Noite’, e do histórice recente favorável, ‘Chito’, como é conhecido, mantém os pés no chão quanto a um possível ‘title shot’ e reconhece que a grande concorrência que enfrenta pode atrasar seus planos. Nada que abale o lutador sul-americano.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight (clique aqui), Vera pregou paciência, afirmou que vai estar preparado quando a oportunidade aparecer e fez questão de mostrar confiança, cravando que chegará ao título do Ultimate no futuro.

“Quando você finaliza caras que foram campeões mundiais, (é sinal que) está na reta final para lutar pelo cinturão. Eu acho que estou na direção correta, acho que estou indo no caminho certo. É seguir trabalhando. O UFC sabe que eu sou um cara que vai estar pronto, que tenho nível para lutar com quem quer que seja. Vamos ver o que vai passar na próxima semana com (José) Aldo e Merab (Dvalishvili). Vou deixar que esses caras lutem, qualquer ganhador dessas lutas pode ser o meu seguinte oponente. Ou eu posso lutar (direto) pelo cinturão. Vou estar pronto. Quando o UFC chamar o meu nome, eu vou estar ‘ready’ (preparado). Eu vou ser campeão”, afirmou Vera.

Vale lembrar que a próxima disputa de título da divisão dos galos, entre o campeão Aljamain Sterlinge e o desafiante TJ Dillashaw, está marcada para o dia 22 de outubro, no card do UFC 280, que será sediado em Abu Dhabi (EAU). Nesta mesma data, dois fortes concorrentes de Marlon Vera pelo ‘title shot’ também medirão forças, com a esperança de garantir uma oportunidade de lutar pelo cinturão: o russo Petr Yan, ex-campeão e primeiro colocado no ranking e o americano Sean O’Malley, visto por muitos como uma futura estrela da companhia.

Além deles e de ‘Chito’ Vera, também sonham com um ‘title shot’ o brasileiro José Aldo e o georgiano Merab Dvalishvili, que se enfrentam no dia 20 de agosto, e o americano Cory Sandhagen e o chinês Song Yadong, que medem forças no dia 17 de setembro.

Mais em Entrevistas