Siga-nos

Entrevistas

Gregory ‘Robocop’ celebra volta por cima e contrato com UFC após “pensar em desistir”

Após desperdiçar a oportunidade de garantir um contrato com o Ultimate através do programa ‘Contender Series’, em setembro do ano passado, Gregory Rodrigues, o ‘Robocop’, deu a volta por cima e, poucos meses depois, conseguiu a tão sonhada vaga no principal evento de MMA do planeta. Porém, a história de superação do brasileiro esteve ameaçada e, por pouco, não deixou de acontecer.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight (veja acima ou clique aqui), ‘Robocop’ revelou que chegou a cogitar encerrar precocemente sua trajetória no MMA, mas a rápida reviravolta pela qual sua carreira passou após a derrota sofrida no ‘Contender Series’ afastou qualquer dúvida, além de colocá-lo no lugar onde sempre sonhou estar. Agora, oficialmente parte do plantel oficial do Ultimate, o peso-médio (84 kg) fará sua estreia neste sábado (5), diante de Dusko Todorovic, pelo card do UFC Vegas 28.

“Hoje, olhando para trás, foi algo muito bom que aconteceu para mim (Contender). Não só pelo fato de hoje eu estar no UFC, mas por tudo que aconteceu. Minha mudança para a Flórida depois dessa luta – eu morava na Califórnia – e estar lá junto com meus irmãos, minha família, meus amigos, minha igreja, em um time novo. Isso tem acrescentado muito para mim. Logo quando eu estava me mudando para a Flórida, o Ed (Soares), que é o cara do LFA, me ligou, me oferecendo a oportunidade de lutar no GP dos pesos-médios e eu fiquei muito feliz”, recordou Gregory, antes de revelar que chegou a pensar em parar de lutar.

“Há um tempo eu estava pensando em desistir, em parar, acabar, eu falei: ‘Não é para mim’. Mas fica até uma mensagem para muita gente, às vezes você passou por uma derrota, uma derrota no que você está fazendo, e muitas vezes a gente pensa em parar. A gente acha que o desafio vem para testar se nós somos bons ou não. Mas eu acredito que isso veio para me fortalecer ainda mais, para trazer uma certeza ainda maior de que o que eu estou fazendo é o certo a se fazer. Depois de tudo que aconteceu, hoje eu vou fazer minha estreia no UFC depois de duas grandes lutas no LFA. É muito bom ver que eu estou colhendo isso depois de todos os pensamentos, tudo que eu tive que vencer na minha mente. Está sendo fantástico”, finalizou.

Profissional no MMA desde 2014, Gregory ‘Robocop’ soma nove vitórias e três derrotas em seu cartel. Em setembro do ano passado, credenciado por uma sequência de seis triunfos, o brasileiro foi chamado para atuar no ‘Contender Series’, mas acabou superado por Jordan Williams, ficando, assim, sem o contrato com o UFC.

Porém, com duas vitórias por nocaute consecutivas, ambas conquistadas sob a bandeira do ‘LFA’, neste ano, ‘Robocop’ se recuperou e provou para os dirigentes do UFC que merecia uma oportunidade no maior evento de MMA do mundo.

Mais em Entrevistas