Siga-nos

Entrevistas

Deiveson Figueiredo revela que contratou novo nutricionista para o UFC Rio

Campeão dos pesos-moscas (57 kg), Deiveson Figueiredo luta pela unificação dos títulos do UFC contra Brandon Moreno, que será seu rival pela quarta vez seguida no octógono. E com o placar rigorosamente empatado após três duelos, o brasileiro preparou uma novidade para o duelo deste sábado (21), na cidade do Rio de Janeiro.

Em conversa com a reportagem da Ag Fight na Cidade Maravilhosa, Deiveson revelou que contratou um novo nutricionista. A meta, obviamente, é amenizar o desgaste com o intenso corte de peso que o atrapalha há anos – em 2020, o atleta falhou na balança na balança e, no ano seguinte, bateu o limite dos moscas no último minuto da pesagem oficial.

“Hoje eu estou trabalhando com um nutricionista renomado, de alto nível, de um cara que cuida dos irmãos Pitbull, do Patrício e Patricky. Ele está cuidando da minha dieta, estou bem e saudável, perto de bater o peso. Agora é só cumprir com a agenda do UFC”, afirmou o atleta, se referindo às janelas de entrevistas marcadas pela organização do evento.

Apontado pelo atleta como exemplo, os irmãos Patrício e Patricky Freire, os ‘Pitbulls’, são campeões do Bellator e, além de performarem em alto nível, também nunca falharam com o corte de peso antes de seus combates. Ao todo, eles disputaram 75 combates no MMA profissional.

De acordo com Deiveson, ao contrário da maioria de suas lutas, ele chegou na semana da luta mais leve desta vez. Na tarde de quarta-feira, menos de 48 horas para o momento de encarar a balança, faltavam cerca de 3kg para que a meta de 56.7 kg fosse atingida.

“Para essa luta, estou 100%. Desde a minha última luta com o Moreno estou bem. O peso está bem abaixo, estou me sentindo bem saudável. Cheguei no sábado e cheguei com 62 kg, agora estou com 60 kg. Profissionalismo em primeiro lugar. Quero dar show, show de porrada”.

Sem lutar desde janeiro de 2022, Deiveson se preparou para o duelo no Brasil. Após analisar possíveis camps nos EUA e em São Paulo, onde treinaria na mesma equipe de Charles Do Bronx, o atleta optou por voltar a se preparar com sua própria equipe em Belém do Pará.

Mais em Entrevistas