Siga-nos
Diego Ribas/ PXImages

Boxe

Próximo de recorde, Canelo vence por nocaute técnico diante de 73 mil fãs

O mexicano Saul ‘Canelo’ segue fazendo história nos ringues de boxe. Neste sábado (8), o pugilista venceu o até então invicto Billy Joe Saunders por nocaute técnico, garantiu mais um cinturão mundial e se aproximou de um feito histórico. Tudo isso diante de um público de 73 mil pessoas.

O triunfo, no entanto, só foi conquistado depois de um confronto equilibrado, realizado no estádio de futebol americano do time Dallas Cowboys, no estado do Texas. Após sete assaltos disputados, com direito a duas parciais vencidas claramente pelo britânico que, ao crescer no confronto chegou a provocar e mostrar a língua, Canelo deu nova prova de sua genialidade.

Com uma esquiva perfeita, o mexicano deixou seu rival sem defesa diante de um gancho de direita no rosto que imediamente fechou o olho de Saunders. Com uma aparente fratura no osso zigomático, o britânico se retirou do confronto, dando adeus à sua invencibilidade no esporte.

Desta forma, Canelo, de apenas 30 anos, ampliou seu cartel profissional para 56 vitórias, uma derrota e dois empates. Neste sábado, a conquista lhe rendeu o cinturão da Organização Mundial de Boxe (WBO) dos super-pesos-médios (76 kg). Por sinal, o mexicano também ostenta o títiulo do Conselho Mundial de Boxe (WBC) e o posto de super campeão da Associação Mundial de boxe (WBA).

Caso vença o invicto americano Caleb Plant e conquiste o título da Federação Internacional de Boxe (IBF), Canelo se tornará o primeiro lutador da história a acumular os cinturões das quatro principais entidades do boxe desta categoria.

Mais em Boxe