Siga-nos
Divulgação

Boxe

Executivo da ‘Triller’ afirma que Mike Tyson está com medo de lutar contra Holyfield

Ao que parece, a rivalidade entre as lendas do boxe Evander Holyfield e Mike Tyson segue viva. Tudo porque Ryan Kavanaugh, executivo da ‘Triller Fight Club’, elogiou ‘The Real Deal’ e provocou ‘Iron Mike’. É bem verdade que, neste sábado (11), na Flórida (EUA), Holyfield, de 58 anos, voltará a pisar no ringue depois de dez anos, lutará contra Vitor Belfort e uma nova aparição está em pauta. De acordo com o homem de negócios, o que impede a realização da trilogia envolvendo os ícones da nobre arte é o próprio Tyson.

Em entrevista à ‘Sky Sports’, o executivo da ‘Triller Fight Club’ afirmou que ‘Iron Mike’ recusou uma oferta vantajosa para enfrentar Holyfield pela terceira vez por estar com medo do rival. O posicionamento do cartola vai de encontro com o de ‘The Real Deal’, que expressou interesse na realização da trilogia contra Tyson e o acusou de estar fugindo.

Vale destacar que ‘Iron Mike’ também se mostrou animado com a possível luta e até topou encarar Holyfield, mas as partes divergiram sobre o aspecto financeiro. A curiosidade é que Tyson atuou pela ‘Triller Fight Club’, em novembro, contra Roy Jones Jr., em duelo que terminou empatado, e, mesmo assim, foi provocado por um executivo da organização.

“Sabemos que ele está tentando marcar uma luta com Lennox Lewis. Nos disseram que ele tem medo de lutar com Holyfield. Tem havido comoção e há um grande pagamento pronto para Tyson lutar no Dia de Ação de Graças. Um grande pagamento, um dos maiores, mas não conseguimos acertar. Eu ouvi, de várias fontes confiáveis, que Tyson está bastante assustado e que acha que Holyfield iria nocauteá-lo. Temos uma oferta para Tyson”, declarou Kavanaugh.

Evander Holyfield, de 58 anos, e Mike Tyson, de 55, são dois dos ex-campeões mundiais de boxe de maior popularidade e expressaram, mais de uma vez, a vontade de realizar uma nova luta. A dupla se enfrentou em 1996 e 1997, com vitória de Holyfield nas duas ocasiões. Na primeira, o medalhista olímpico triunfou por nocaute técnico. Na segunda, ‘The Real Deal’ levou a melhor por desqualificação, em duelo que ficou marcado pela mordida que Tyson deu em sua orelha.

Mais em Boxe