Siga-nos
Divulgação

Boxe

Estrela do boxe revela plano de se aposentar aos 26 anos e sugere ida para o MMA

Uma das grandes estrelas em ascensão no boxe profissional, Ryan Garcia, ao que parece, não pretende se dedicar à modalidade por muito mais tempo. Recém-coroado como campeão interino peso-leve do WBC (Conselho Mundial de Boxe), o pugilista americano, de 22 anos, revelou – em entrevista ao ‘Rich Eisen Show’ – que pretende se aposentar da nobre arte daqui a quatro anos.

Porém, o lutador admitiu que existe a possibilidade de, após deixar o boxe, dar sequência na sua carreira em outra modalidade. De acordo com Garcia, caso decida retornar aos ringues depois de pendurar as luvas, seu destino seria provavelmente o MMA. Vale lembrar que o pugilista já trocou provocações pelas redes sociais com Henry Cejudo, ex-campeão peso-mosca (57 kg) e peso-galo (61 kg) do UFC.

“Eu planejo me aposentar aos 26 (anos), eu não sei, oficialmente. Você já viu no passado, lutadores se aposentam e voltam. Isso é o que eu vou dizer: eu ainda planejo me aposentar aos 26, no entanto, se eu voltar ao ringue, eu vou enfrentar apenas lutadores que as pessoas digam no momento: ‘Não tem nenhuma chance do Ryan vencer esse cara'”, ressaltou Ryan, antes de completar.

“Se eu retornar aos ringues, eu prometo a todos que eu vou lutar com pessoas que eles dizem que eu não posso vencer. Sabe o que eu estou disposto a fazer? (…) Se eles disserem: ‘Ok, você venceu todo mundo dentro do ringue, certo?’. Mas alguém diz: ‘Isso não é uma luta de verdade. Uma luta de verdade tem pernas, estrangulamento, finalizações, tudo isso’. Adivinha o que eu vou fazer? Eu vou provar a eles que eu sou o melhor lutador por todas as partes no mundo. Estou falando de mãos, estou falando de wrestling. Eu vou para o MMA para provar algo, que Deus é o maior e eu vou vencer seja quem for no MMA que eles digam que não consigo vencer. Se tiver que ser Conor McGregor, que seja. Eu não estou dizendo isso para ganhar dinheiro. Não ligo para dinheiro. Estou dizendo isso porque é como eu me sinto”, concluiu.

Após uma carreira movimentada e vitoriosa no boxe amador, Ryan Garcia estreou como profissional em 2016. Desde então, o americano ostenta um impecável cartel de 21 vitórias, sendo 18 por nocaute, e nenhuma derrota. No último dia 2 de janeiro, Garcia foi coroado como campeão interino peso-leve do WBC após superar o britânico Luke Campbell, medalhista de ouro nas Olimpíadas de Londres, em 2012.

Mais em Boxe