Siga-nos
Rigel Salazar/PxImages

Notícias

McGregor encerra divergência com Dana White e o elogia por atuação em 2020

O ano de 2020 foi tão conturbado, que, inclusive, abalou a relação entre Conor McGregor e Dana White. Contudo, ao que parece, o atrito entre o astro irlandês e o presidente do UFC não existe mais. Recentemente, o cartola informou que a dupla resolveu as diferenças e comemorou o atual momento. Ao tomar conhecimento do posicionamento do líder da empresa, o ex-campeão do peso-pena (66 kg) e do peso-leve (70 kg) comentou a respeito e deu sua versão.

Em entrevista ao site ‘The Mac Life’, McGregor elogiou o que Dana conseguiu fazer com o UFC no período de pandemia de COVID-19 e lembrou que sempre teve uma ótima relação com o mandatário da organização. O ex-campeão da companhia explicou que o atrito aconteceu, porque não conseguiu permanecer ativo durante a temporada e pelo fato do MMA ser um esporte que exige muito de seus integrantes dentro e fora do octógono. O astro irlandês concordou com o posicionamento do cartola, reforçou que se entenderam e não escondeu a empolgação para o seu futuro na modalidade.

“Eu e Dana sempre tivemos uma relação incrível. Mais do que promotor e lutador, até. Tenho muito respeito por Dana. O que ele fez em 2020 foi notável, o elogiei por isso e eu o elogio por isso. Entramos em desacordo em alguns momentos, mas este é um negócio de alta pressão e alto risco. Quando você tem um irlandês procurando uma luta, é melhor dar uma a ele ou você pode ser envolvido nela. Tudo está bem. Conversamos e estamos em um ótimo lugar agora. Estou muito animado para voltar ao UFC e dar o pontapé inicial de uma forma importante”, declarou McGregor.

Conor McGregor, de 32 anos, é o principal nome do UFC e possui uma legião de fãs no esporte. O astro irlandês estrou na organização em 2013, se transformou em um fenômeno e conquistou o cinturão do peso-pena e do peso-leve. Suas vitórias mais marcantes foram diante de Chad Mendes, Donald Cerrone, Dustin Poirier, Eddie Alvarez, José Aldo, Max Holloway e Nate Diaz. Atualmente, o atleta ocupa a quarta posição no ranking dos leves e se prepara para enfrentar Poirier no dia 23 de janeiro, na edição de número 257, evento que acontece na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU).

Mais em Notícias