Siga-nos
Divulgação

Bellator

Patricky ‘Pitbull’ diz que tontura que o tirou de luta no Bellator segue sem diagnóstico

Há cerca de um mês, Patricky ‘Pitbull’ precisou ser retirado de última hora do card do Bellator 249 após sofrer com uma crise de labirintite. O episódio, que de acordo com o peso-leve (70 kg) não foi inédito, ainda não tem explicação científica.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Patricky revelou que os médicos ainda não deram um diagnóstico que explique a origem da condição que o tem afligido. Por esse motivo, o potiguar destacou que não tem previsão para retornar ao cage do Bellator, mas se mantém em forma e pronto para quando for liberado.

“Dois anos atrás eu tive uma luta e algo similar aconteceu. Foi forte, mas não tão forte (como a anterior ao Bellator 249). Vem e vai, com tontura alguns dias, sem tontura em outros. Basicamente. Eu não fui diagnosticado com nada, mas isso me pega de surpresa bem rápido”, contou Patricky, antes de comentar sobre seu futuro.

“Eu continuo treinando e me mantendo em forma. Estou pesando 77 kg, tentando manter meu peso baixo e ficar preparado para lutar. Eu não sei quando minha próxima luta vai ser, mas eu continuo me mantendo em forma no caso de alguma coisa aparecer”, concluiu.

Aos 34 anos, Patricky ‘Pitbull’ soma 23 vitórias e nove derrotas em seu cartel. O potiguar competiu pela última vez no dia 31 de dezembro de 2019, quando disputou a semifinal e a final do Grand Prix peso-leve do Rizin, cedido pelo Bellator. Após superar o compatriota Luiz Gustavo, Patricky acabou derrotado por Tofiq Musayev na decisão do torneio.

Mais em Bellator