Siga-nos
Divulgação/Bellator

Bellator

Patrício ‘Pitbull’ destaca poder do Bellator após Chandler vencer no UFC 257

Assim como Dustin Poirier, Michael Chandler também se destacou no UFC 257. No evento realizado no último sábado (23), em Abu Dhabi (EAU), o ícone do Bellator venceu sua estreia na organização de Dana White ao nocautear Dan Hooker no primeiro round e, consequentemente, passou a integrar o top-5 do peso-leve (70 kg). Se na noite na qual o americano impressionou os fãs do esporte Patrício ‘Pitbull’ provocou o rival, agora o discurso é outro.

Em entrevista ao site ‘Sherdog’, ‘Pitbull’ criticou a atuação de Hooker e listou os pontos positivos de Chandler. O campeão do peso-pena (66 kg) e do peso-leve (70 kg) do Bellator informou que não gosta do americano, mas, ao mesmo tempo, admitiu que tanto ele quanto Eddie Alvarez, ex-número um do UFC, mostraram a força da organização contra atletas de elite. Além disso, Patrício apontou o rival como favorito em um possível duelo contra Poirier.

“Hooker fez tudo errado. Chandler é um lutador muito explosivo. Se você andar para trás como Hooker, permitirá que ele acerte golpes pesados. Chandler fintou um soco e o acertou com um cruzado, algo que fez durante toda sua carreira. Poirier provou na segunda luta contra McGregor que além de evoluir seu boxe, também tem uma mente forte, mas o jogo de Chandler é péssimo para ele. Eu realmente acredito que ele pode vencer Poirier facilmente, assim como fez com Hooker. Todos sabem que não gosto de Chandler e não torço por ele, mas está mostrando, como Alvarez, o poder do Bellator”, declarou ‘Pitbull’ que ilustrou o que pode acontecer em uma luta entre Chandler e Poirier.

“Poirier comete alguns erros de boxe que podem ser perigosos contra Chandler. Por exemplo, ele copia a defesa de ombro de Mayweather, que é muito perigosa com luvas de quatro onças. Ele é frequentemente atingido por causa de isso. Se ele for atingido por caras explosivos com o poder de nocaute de Chandler ou meu, vai dormir. Sem dúvida”, concluiu.

Patrício ‘Pitbull’ é um nome histórico do Bellator e também é considerado por boa parte dos fãs e da imprensa especializada um dos lutadores mais temidos fora do UFC. O brasileiro atua pela organização desde 2010 e é o atual dono do cinturão do peso-pena e do peso-leve. Inclusive, o atleta se tornou o número um dos leves ao nocautear Michael Chandler em pouco mais de um minuto, em 2019. Além de Chandler, os maiores triunfos de ‘Pitbull’ no MMA foram diante de Daniel Straus (três vezes), Juan Archuleta, Pat Curran, entre outros.

Mais em Bellator