Siga-nos
Divulgação/Bellator

Bellator

Campeão do Bellator, Patrício ‘Pitbull’ provoca Chandler: “Papai está orgulhoso”

A estreia de Michael Chandler no UFC foi um dos pontos altos da edição de número 257 e não passou despercebida por Patrício ‘Pitbull’. No evento realizado no sábado (23), na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU), o ícone do Bellator nocauteou Dan Hooker no primeiro round, conquistou um dos bônus de ‘performance da noite’. Além disso, se consolidou com uma força no peso-leve (70 kg) do Ultimate e ganhou elogios da comunidade do MMA. O brasileiro também parabenizou a atuação do americano, mas em tom de provocação.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui e aqui), ‘Pitbull’ não perdeu tempo e lembrou do resultado da luta que travou com Chandler pelo título do peso-leve do Bellator, realizada em 2019. Na ocasião, o brasileiro nocauteou o americano em aproximadamente um minuto e se tornou campeão da categoria. Como a dupla apelou para o ‘trash talk’, Patrício sinalizou que aprovou a estreia de ‘Iron’ no UFC e tratou a relação entre eles como a de pai e filho, já que o venceu anteriormente. Não satisfeito, o número um do peso-pena (66 kg) e do peso-leve da organização de Scott Coker afirmou que Chandler vai conquistar o cinturão do UFC.

“Bom trabalho, meu filho! Papai está orgulhoso de você. Meu filho será o próximo campeão do UFC, facilmente”, escreveu ‘Pitbull’ em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Michael Chandler, de 34 anos, enfim, estreou pelo UFC e confirmou a expectativa dos fãs de MMA em torno de seu nome. O ícone do Bellator nocauteou Dan Hooker no primeiro round e, empolgado, desafiou Conor McGregor, Dustin Poirier e Khabib Nurmagomedov ainda no octógono. Além de Hooker, os triunfos mais importantes do americano no esporte foram diante de Ben Henderson (duas vezes), Eddie Alvarez e Patricky ‘Pitbull’ (duas vezes).

Mais em Bellator