Siga-nos
Divulgação/Bellator

Bellator

Campeão do Bellator, Mousasi provoca Adesanya: “Sou o melhor médio do mundo”

Veterano do MMA, Gegard Mousasi segue atuando em alto nível. No Bellator 275, evento realizado na última sexta-feira (25), na Irlanda, o campeão do peso-médio (84 kg) da companhia nocauteou Austin Vanderford em pouco mais de um minuto de luta e tirou a invencibilidade do rival. Como não poderia ser diferente, ‘The Dreamcatcher’ esbanjou confiança após a defesa de cinturão da categoria.

Na coletiva de imprensa pós-Bellator 275, Mousasi, que conquistou a quarta vitória seguida, deixou a humildade de lado e se classificou como o melhor peso-médio do mundo. O posicionamento do veterano foi uma espécie de provocação para Israel Adesanya, campeão da categoria no UFC. Inclusive, o atleta integrou o Ultimate de 2013 até 2017 e quase disputou o título no período, mas não renovou o contrato e assinou um vantajoso acordo com sua atual companhia. Sendo assim, ‘The Dreamcatcher’ não enfrentou o nigeriano, mas afirmou que daria uma luta competitiva ao mesmo, principalmente, na trocação, ponto forte de ambos.

“Eu estava com fome, mais determinado do que ele e estou no meu auge. Sinto que sou o melhor peso-médio do mundo agora. Nunca disse isso, porque nunca pensei que era o melhor. Mas disse para todos nos treinamentos, que neste dia, eu era o melhor peso-médio. Não sei quanto ao amanhã, mas, hoje, fui o melhor. Treino com caras que lutaram contra Adesanya. Eles foram bem contra ele ou venceram e sou melhor que eles na trocação. Então, é claro que sinto que tenho uma grande chance. Posso vencer, mas falar sobre isso é como falar, ‘Quero ser o Papai Noel’. Não é possível. Aqueles caras que pensam que podem me vencer, tem algo vindo para eles. Estou mais confiante do que nunca”, declarou o campeão do Bellator.

Ao longo de sua carreira, Gegard Mousasi, de 36 anos, conquistou os títulos do peso-médio do Bellator, Cage Warriors e DREAM e dos meio-pesados (93 kg) do DREAM e do Strikeforce. ‘The Dreamcatcher’ iniciou sua trajetória no esporte em 2003, disputou 58 lutas, venceu 49, sendo 40 pela via rápida, e perdeu nove vezes.

Mais em Bellator