Siga-nos

Vídeos

Daniel Gracie celebra o sucesso de pupilo Sean Brady no UFC

No último sábado (29), Sean Brady colocou seu adversário Christian Aguilera para dormir com uma guilhotina inusitada, utilizando apenas uma das mãos, no segundo round do confronto disputado no card preliminar do UFC Las Vegas 8. O golpe deu ao meio-médio (77 kg) sua terceira vitória seguida no show, e a primeira via finalização no octógono do principal evento de MMA do planeta.

Quem exalava orgulho pela conquista do americano era Daniel Gracie, treinador do lutador e responsável pela sua evolução no jiu-jitsu desde a faixa-azul, na academia ‘Renzo Gracie Philly’, na Filadélfia (EUA). Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight (veja acima ou clique aqui), o comandante exaltou o potencial do pupilo e aproveitou para analisar o golpe que assegurou a vitória de Sean Brady no UFC Las Vegas 8.

“Não foi uma surpresa para mim, como treinador, porque eu sei do potencial dele. Ele finaliza o tempo todo treinando. Quando ele treina e não consegue finalizar alguém, ele não fica satisfeito. A gente sabe do potencial dele e está sempre falando: ‘Um dia vai chegar, você vai começar a ficar confortável e você vai finalizar uma luta no UFC’. (…) E essa guilhotina que ele faz com um braço, ele ganhou um título de um evento local, o Cage Fury, com ela”, declarou Daniel Gracie, antes de continuar.

“Ele pega essa m*** em mim o tempo todo, eu sofro com essa m***, por isso que ele falou que eu não gosto. Eu não gosto, não é porque é ruim, eu não gosto porque ele faz em mim e eu sinto toda hora meu pescoço, no dia seguinte eu não consigo nem mexer. Então, quando ele entrou naquela guilhotina, eu sabia que não tinha jeito. Já falei: ‘Acabou’. Eu sabia”, concluiu o treinador.

No MMA profissional desde 2014, Sean Brady segue invicto após 13 combates disputados. Ao todo, o americano soma três vitórias por nocaute, três por finalização e sete por pontos.

Mais em Vídeos