A primeira luta do UFC Las Vegas, evento realizado no último sábado (20), contou com um momento que pode ter entrado para a história. Em sua estreia no UFC, Max Rohskopf foi superado com facilidade por Austin Hubbard, que o puniu durante dez minutos e foi declarado vencedor ainda no intervalo do segundo para o terceiro assalto. Para que isso acontecesse, porém, uma dicussão precisou ser instaurada no corner do jovem de 25 anos.

Com o nariz sangrando, o atleta pediu nove vezes para que seu treinador, o americano de nacionalidade brasileira Robert Drysdale, interrompesse o confronto. O desentendimento durou todos os 60 segundos de intervalo entre os assaltos e terminou com Rohskopf insistindo para que seu corner, até então irredutível, falasse com o árbitro.

Contrariado, Drysdale, que tentou convencer o pupilo a retornar para a luta em diversas ocasiões, informou que o atleta tinha pedido para parar e na sequência deixou o octógono. Por sua vez, Max ainda permaneceu na área do combate para receber cuidados médicos e ouvir o anúncio oficial do resultado.

Confira o momento citado a seguir (ou clique aqui):