Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Valentina Shevchenko nega interesse em possível luta de boxe: “É um rebaixamento”

Cada vez mais frequente, a transição de grandes estrelas do MMA para o mundo do boxe parece ser um caminho sem volta, especialmente considerando as cifras milionárias movimentadas com a presença destes atletas na nobre arte. Apesar do cenário tentador, um importante nome do plantel do UFC já descartou qualquer possibilidade de fazer essa mudança de modalidade no futuro.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Valentina Shevchenko recordou que já se aventurou no boxe profissional anteriormente e negou ter interesse em uma nova experiência nos ringues da nobre arte. A campeã peso-mosca (57 kg) do UFC ainda classificou uma possível ida para o boxe como um “rebaixamento”, exaltando a modalidade na qual compete atualmente.

“Eu não vejo uma razão pela qual eu tenho que fazer isso. Eu tenho tipo 12 lutas profissionais de boxe e eu fiz isso. Eu sei exatamente qual é a sensação”, descartou Valentina, antes de continuar.

“Para mim, ser uma campeã do UFC, lutar no Mixed Martial Arts, o estilo universal, onde a técnica é tudo. Você, na verdade, sabe todos os tipos de artes marciais. Você é um boxeador perfeito, você é um lutador perfeito de muay thai, kickboxer, você é um grappler perfeito, wrestler. Você é tudo. Tudo nas artes marciais. É tipo ir para o boxe, você pode, por que não? Mas para mim, isso é um rebaixamento”, finalizou.

Além do boxe e do MMA, Valentina Shevchenko também competiu no muay thai e no kickboxing, mostrando toda sua versatilidade e talento na luta em pé. Detentora do cinturão do peso-mosca feminino do UFC desde dezembro de 2018, a lutadora do Quirguistão é considerada como uma das campeãs mais dominantes da organização na atualidade, tendo defendido seu título por cinco vezes, todas com amplo domínio sobre suas adversárias.

Mais em UFC