Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Valentina Shevchenko abre as portas para realização de trilogia contra Amanda Nunes

Atualmente, Amanda Nunes e Valentina Shevchenko dominam o MMA e, não à toa, são campeãs de suas respectivas categorias. A brasileira ostenta os cinturões do peso-galo (61 kg) e do peso-pena (66 kg) do UFC, enquanto a atleta do Quirguistão detém o título no peso-mosca (57 kg) da companhia. Como as lutadoras reinam absolutas, parte dos fãs clama por um novo encontro entre elas no octógono, que, ao que parece, deve acontecer em breve.

Em entrevista ao site ‘TMZ Sports’, Valentina sinalizou que é apenas uma questão de tempo para a aguardada trilogia com Amanda Nunes se materializar. É bem verdade que a campeã do peso-mosca se prepara para defender o cinturão contra Lauren Murphy, no UFC 266, evento que acontece em setembro, e a ‘Leoa’ vai colocar o título do peso-galo em jogo diante de Julianna Peña, no UFC 269, show que será realizado em dezembro.

Como as campeãs são favoritas para seus combates, a imprensa especializada começa a especular quando a terceira luta entre elas vai acontecer. Antes, Amanda e Valentina ignoravam o assunto, mas tudo indica que mudaram de ideia. A ‘Leoa’ se colocou à disposição para um novo duelo contra a rival e ‘Bullet’ também tornou público seu interesse em diminuir a vantagem da algoz no histórico de confrontos.

“Acho que se o destino colocar essa luta na nossa frente, a maioria de nós vai topar. Estou muito focada na minha categoria e só quero me tornar uma melhor lutadora. Quando a terceira luta acontecer, estarei aqui”, decretou a campeã do peso-mosca do UFC.

Amanda Nunes e Valentina Shevchenko possuem história no MMA e protagonizam uma rivalidade respeitosa e de alto nível. No histórico de combates entre as campeãs do UFC, a ‘Leoa’ lidera com duas vitórias. Na primeira luta, realizada em 2016, a brasileira venceu ‘Bullet’ por decisão unânime. No segundo e polêmico duelo, disputado em 2017, a baiana superou a atleta do Quirguistão por decisão dividida, em resultado que ainda gera discussão.

Mais em UFC