Siga-nos
Rigel Salazar/PxImages

UFC

Valentina acusa Amanda Nunes de rechaçar trilogia por ser ‘presenteada’ com vitória

A rivalidade entre Amanda Nunes e Valentina Shevchenko começou a se intensificar. Como as campeãs do UFC ampliam seus reinados no peso-galo (61 kg), peso-pena (66 kg) e também no peso-mosca (57 kg) a cada aparição no octógono, consequentemente, se aproximam de uma inevitável trilogia. Em desvantagem no placar, ‘Bullet’, disposta a acertar as contas com a ‘Leoa’, partiu com tudo para o ataque.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Valentina deixou a diplomacia de lado e afirmou que Amanda foi favorecida pelos juízes laterais na segunda luta entre elas e que, por isso, a aguardada trilogia no UFC foi adiada. O duelo em questão ocorreu em 2017 e, de fato, gerou bastante discussão. No final, a brasileira levou a melhor por decisão dividida, mas parte da comunidade do MMA apontou ‘Bullet’ como a vencedora.

De acordo com a campeã do peso-mosca do UFC, como a número um do peso-galo e do peso-pena teve trabalho para lidar com uma adversária menor, indicou que a rival não pretende correr o mesmo risco novamente. Apesar da desconfiança de Valentina, Dana White, líder da companhia, mostrou interesse na trilogia entre as estrelas do MMA por conta do apelo e do que o novo encontro representa para o esporte.

“Sinto que Amanda não quer muito que essa luta aconteça. Dentro de si, ela sente que foi presenteada pelos juízes com a vitória na nossa segunda luta. Ela sabe que foi derrotada pela garota menor, de uma categoria mais leve e que ela é maior. É uma pressão interna nela. É por isso que diz que me venceu duas vezes, seja o que for que esteja dizendo. É como se isso camuflasse o que ela está sentindo de verdade e, definitivamente, se você fosse vencido por alguém menor, isso afetaria você. É por isso que ela diz que não quer que essa luta aconteça”, declarou Valentina, antes de completar.

“Se você ouve as entrevistas dela, o tempo todo ela pergunta o motivo de lutar comigo, lembra que venceu duas vezes e que não tem nada a ver com isso’. É quando ela começa a se defender de forma agressiva. Isso significa que, dentro de você, tem algo erado, dizendo que perdeu aquela luta. Meu objetivo é, quando disputarmos a luta na próxima vez, estar pronta para tudo. O tempo passou e sou uma lutadora diferente, ela é uma lutadora diferente também. Em minha mente, não tem um talvez. Minha mente está lá, só para a frente. Não importa. Eu tenho que morrer, mas tenho que estar lá”, concluiu.

Amanda Nunes e Valentina Shevchenko possuem história no MMA e protagonizam uma rivalidade de alto nível. No histórico de combates entre as campeãs do UFC, a ‘Leoa’ lidera com duas vitórias. Na primeira luta, realizada em 2016, a brasileira venceu ‘Bullet’ por decisão unânime. No segundo e polêmico duelo, disputado em 2017, a baiana superou a atleta do Quirguistão por decisão dividida, que não lidou bem com o resultado.

Mais em UFC