Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

UFC remarca luta entre Khamzat Chimaev e Leon Edwards para o dia 20 de janeiro

Na última terça-feira (22), Dana White – através de sua conta oficial no ‘Instagram’ – anunciou a ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU), como sede dos três primeiros eventos do Ultimate em 2021. Concomitantemente, o presidente do UFC acabou divulgando a nova data marcada pela entidade para a realização do aguardado confronto entre Khamzat Chimaev e Leon Edwards.

Originalmente agendada para liderar o evento do último sábado (19), a disputa entre Khamzat Chimaev e Leon Edwards precisou ser adiada pelo UFC após o lutador inglês testar positivo para COVID-19 a poucos dias do combate. Assim como o próprio Dana White já havia adiantado, o duelo entre os meio-médios (77 kg) foi remarcado para o dia 20 de janeiro, na ‘Ilha da Luta’.

Com apenas três lutas disputadas no octógono mais famoso do mundo, Chimaev rapidamente se tornou a nova sensação da companhia. O russo naturalizado sueco estreou no UFC em julho, na primeira passagem da liga pela ‘Ilha da Luta’, e, em dez dias, venceu seus dois primeiros confrontos, diante de John Phillips e Rhys McKee, ambos de forma contundente.

Dois meses depois, em sua terceira apresentação no Ultimate, Khamzat precisou de apenas 17 segundos e um golpe para nocautear Gerald Meerschaert, em Las Vegas (EUA), ampliando o burburinho em torno do seu nome. Desenvolto também com o microfone nas mãos, o sueco passou, então, a desafiar atletas renomados do meio-médio e, após alguns meses, conseguiu chegar a um acordo para encarar Edwards, atual número três no ranking da categoria.

Se o ano de 2020 foi favorável a Chimaev, o mesmo não pode ser dito sobre Leon Edwards. Atrapalhado pela pandemia do novo coronavírus, o lutador britânico não conseguiu subir no octógono sequer uma vez na temporada, e viu o sonho de disputar o título da divisão dos meio-médios se afastar, ao menos momentaneamente.

Apesar disso, Edwards, que não luta desde julho de 2019, chega para o confronto contra Chimaev embalado por oito vitórias seguidas. Ao todo, o lutador inglês soma 18 triunfos e apenas três reveses na carreira, enquanto o seu adversário segue invicto no MMA profissional após nove combates disputados.

Mais em UFC