Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Tsarukyan reclama de revés para Gamrot e se classifica como melhor lutador: “Venci três rounds”

Arman Tsarukyan protagonizou um verdadeiro épico com Mateusz Gamrot no UFC, mas se a luta agradou a comunidade do MMA, não apresentou o mesmo efeito no atleta. No último sábado (25), em Las Vegas (EUA), a promessa do esporte foi derrotada pelo polonês por decisão unânime e com isso desperdiçou a oportunidade de, possivelmente, integrar o top-10 do peso-leve (70 kg) da companhia. Inclusive, o lutador não ficou nada satisfeito com sua atuação, muito menos com o resultado do encontro.

Tsarukyan, visivelmente abalado pelo revés para Gamrot, expressou todo seu descontentamento ainda no octógono. De acordo com o atleta, ele fez o necessário para vencer três dos cinco rounds disputados. E, de fato, o resultado da batalha gerou polêmica. A promessa do esporte iniciou a luta com tudo e, para uma parte da comunidade do MMA, chegou a abrir certa vantagem na pontuação. Ao apostar nos chutes e na velocidade, Arman incomodou o polonês, que passou a recorrer ao grappling para conter os avanços do adversário.

Após 25 minutos de ação, os juízes laterais deram a vitória para Gamrot, porque classificaram este como superior nos três últimos assaltos. Dessa forma, Tsarukyan discordou do resultado imediatamente. Mesmo sem aprovar sua performance, o atleta afirmou que mostrou ser melhor do que o algoz e prometeu voltar mais forte do que nunca em sua próxima luta, já que a derrota, que considerou injusta, o motivou.

“Não sei o que aconteceu. Esse camp foi muito bom, mas não sei. Eu tinha que fazer uma luta melhor do que essa. Me conheço, estou chateado. Foi a minha primeira vez lutando cinco rounds, provavelmente, é por isso que foi tão difícil. Achei que tinha vencido essa luta. Achei que ganhei três rounds. Vou corrigir meus erros e voltarei melhor. Vou assistir essa luta de novo para entender. Mas se ele ganhou, ok. Vou corrigir meus erros e voltar. Sou jovem. Não posso perder, porque sei que sou melhor”, declarou a promessa do MMA, na entrevista pós-luta.

Arman Tsarukyan, de 25 anos, é uma das grandes promessa do MMA. O atleta iniciou sua trajetória no esporte em 2015 e estreou no UFC em 2019. Pela organização, o lutador disputou sete combates, venceu cinco e perdeu duas vezes, para Islam Makhachev e Mateusz Gamrot. Atualmente, o profissional é o 11º colocado no ranking do peso-leve da empresa e possui triunfos marcantes sobre Davi Ramos, Joel Álvarez e Olivier Aubin-Mercier.

Mais em UFC