Siga-nos

UFC

Thiago Moisés revela que apostou R$ 5,7 mil na própria vitória no UFC

A vitória por decisão unânime sobre Bobby Green no card principal do UFC Las Vegas 12, no último sábado (31), não foi suficiente para que Thiago Moisés ganhasse o bônus de 50 mil dólares (cerca de R$ 286 mil), oferecido pela organização aos vencedores da ‘Luta da Noite’ ou ‘Performance da Noite’. Mesmo assim, o triunfo sobre o americano garantiu ao brasileiro uma recompensa financeira extra em sua conta bancária, ainda que significativamente menor do que a ofertada pelo Ultimate.

Durante a entrevista coletiva após o UFC Las Vegas 12 (veja acima ou clique aqui), Thiago revelou que aproveitou o status de ‘azarão’ concedido a ele pelas casas de apostas para apostar mil dólares (cerca de R$ 5,7 mil) na sua vitória sobre Bobby Green, o que, de acordo com o lutador, lhe rendeu um retorno de aproximadamente três mil dólares (próximo de R$ 17,2 mil).

“Eu estava muito feliz de ser (considerado) azarão. Estava muito confiante na minha vitória e consegui fazer um dinheiro na minha luta. Apostei mil doláres e ganhei uns três mil (risos)”, revelou o atleta da equipe ‘American Top Team’.

Com seu segundo triunfo consecutivo no octógono mais famoso do planeta – sua primeira sequência de vitórias pelo UFC -, Thiago mira vôos mais altos em seus próximos compromissos. A jovem promessa do MMA brasileiro, de 25 anos, destacou que pretende se manter o mais ativo possível e conseguir confrontos contra rivais que possam encurtar o caminho rumo ao ranking da divisão dos leves.

“Eu quero voltar a lutar o mais rápido possível. Em 2021, eu quero ficar bem ativo, quero fazer pelo menos quatro lutas. Aproveitar que eu sou bem jovem, tenho 25 anos, estou sempre treinando. Quero cada vez subir mais, degrau em degrau, subir no ranking da categoria. Então, eu quero nas próximas lutas enfrentar alguém ranqueado”, ressaltou Thiago, antes de citar alguns possíveis adversários que mira para sua próxima luta.

“O Donald Cerrone é um adversário top 15, está vindo de algumas derrotas, e eu estou vindo de um bom momento. Acredito que seria uma luta boa para ele pensar que poderia se recuperar na carreira. Ou o vencedor ou o perdedor da luta do Drew Dober com o Carlos Diego (Ferreira). Também seria uma boa luta para mim. Até o próprio Alexander Hernandez, que ganhou hoje (sábado), seria uma boa luta”, concluiu.

No MMA profissional desde 2012, Thiago Moisés soma 14 vitórias e quatro derrotas em sua carreira. Oriundo do programa ‘Contender Series’, o peso-leve possui três triunfos e dois reveses em sua trajetória pelo UFC, onde estreou em novembro de 2018.

Mais em UFC