Siga-nos
UFC/ Divulgação

UFC

Thiago Moisés conquista 3ª vitória seguida e pede bônus para comprar casa

Único brasileiro presente no card preliminar do UFC Vegas 20, evento realizado neste sábado (27), Thiago Moisés anotou sua terceira vitória seguida na organização ao bater Alexander Hernandez. Com o triunfo, o representante da academia ‘America Top Team’ ampliou a boa fase e registrou seu melhor momento no octógono mais famoso do mundo.

Ao final da supremacia apresentada por três assaltos, Thiago não escondeu a certeza da vitória e, antes mesmo do anúncio do resultado, pediu para receber o prêmio bônus de ‘performance da noite’: “Quero comprar minha casa”.

Revelado pelo programa ‘Contender Series’, o peso-leve (70n kg) de 25 anos conquistou sua quarta vitória no evento em um total de seis apresentações.

A luta

Dono do centro do octógono desde o início do combate, Hernandez pressionou o brasileiro com golpes da longa distância e o obrigou a andar para trás repetidas vezes. Por sua vez, o brasileiro apostou em ataques de encontro, tática que surtiu efeito e abriu caminho para alguns chutes na canela do rival – fator decisivo para a mínima vantagem conquistada no equilibrado assalto. Moisés 10 x 9 Hernandez.

No segundo round, o atleta da ‘America Top Team’ voltou mais agressivo e se esforçou para responder todas as investidas do oponente. Por vezes, Thiago brigou pelo centro do cage e impôs seu domínio de forma mais consistente do que no assalto inicial. Moisés 20 x 18 Hernandez.

Ciente da necessidade de vencer a etapa final, Hernandez tentou encurtar a distância com fortes cruzados na etapa final. A estratégia era investir em ataques mais potentes que pudessem balançar o brasileiro, que seguia inabalável no confronto. Após alguns minutos de equilíbrio, Thiago voltou a mostrar supremacia na troca de golpes em pé a ponto de colocar o rival contra as grades em determinado momento. Moisés 30 x 27 Hernandez.

Acompanhe os resultados do UFC Vegas 20:

Thiago Moisés venceu Alexander Hernandez por decisão unânime;
Alexis Davis venceu Sabina Mazo por decisão unânime;
Ronnie Lawrence nocauteou Vince Cachero no 3º round;
Dustin Jacoby venceu Maxim Grishin por decisão unânime.

Mais em UFC