Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Taila Santos minimiza qualidade de Valentina após luta no UFC: “Ela não é tudo isso”

Taila Santos ainda não esqueceu a luta mais recente que disputou, principalmente, sua atuação no UFC 275. No evento realizado no último sábado (11), em Cingapura, a brasileira enfrentou Valentina Shevchenko pelo título do peso-mosca (57 kg) da companhia e quase saiu como campeã do octógono. Como o combate foi uma verdadeira batalha entre as atletas, a catarinense revelou que mudou sua percepção sobre ‘Bullet’.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Taila contou que, antes da luta acontecer, se assustou com a reputação de Valentina no esporte, chegou a duvidar da própria qualidade e que temeu pelo pior, mas que, após o duelo no UFC, discordou do status da campeã de ser intocável. Vale destacar que, durante o reinado de ‘Bullet’ no peso-mosca, a brasileira foi a única lutadora que exigiu tanto da mesma e foi derrotada por decisão dividida.

Inclusive, para uma parcela dos fãs e especialistas do esporte, a catarinense, classificada como zebra pelas casas de apostas para o embate, foi melhor do que a favorita e merecia sair do octógono com o cinturão. Depois de encarar Valentina de igual para igual, Taila confessou que não ficou impressionada com o nível de luta da rival. Tanto que a brasileira já projeta uma possível revanche contra a campeã do UFC e com um resultado diferente.

“Todo mundo a vê como esse monstro, mas, depois que lutei com ela, pude ver que ela não é tudo isso. Ela é muito forte e inteligente, claro, mas nada de anormal. Me senti muito confiante. Não senti nenhum poder sobrenatural. Do jeito que as pessoas falavam dessa mulher, pensei, ‘Nossa, não vou conseguir derrubá-la’. Impus minhas quedas e consegui fazer tudo o que queria. Esperava mais dela. Foi fácil derrubá-la e pegar suas costas. Esperava que fosse mais difícil. Não adianta lutar contra outra pessoa em uma luta de preparação, se já lutei com ela. Nunca tinha lutado cinco rounds antes, fui direto para a prova de fogo, direto em uma luta de cinco rounds com a melhor do mundo, a campeã. Já estou testada”, declarou a brasileira.

No UFC 275, Taila Santos, de 28 anos, conheceu sua segunda derrota na organização e assim viu chegar ao fim sua sequência de quatro vitórias no peso-mosca. Contudo, a brasileira se tornou a única atleta da categoria que disputou uma luta equilibrada contra a campeã Valentina Shevchenko. Mesmo com o revés, a catarinense subiu duas posições no ranking da divisão e, assim, virou a número dois na tabela de classificação.

Mais em UFC