Siga-nos

UFC

Sterling revela tática para destronar Yan e compara seu estilo ao de Khabib e Usman

Por mais que viva excelente fase, demorou para Aljamain Sterling ganhar o direito de disputar o cinturão do peso-galo (61 kg). No entanto, quem espera sempre alcança, e o americano, enfim, vai enfrentar o campeão Petr Yan no UFC 259, evento que acontece neste sábado (6), em Las Vegas (EUA). Apesar do status de desafiante, ‘Funk Master’ mostrou toda sua confiança ao analisar o aguardado embate com o russo.

Em entrevista à ‘ESPN’ americana, Sterling admitiu que Yan é perigoso, mas garantiu que seu jogo é péssimo para o número um do peso-galo. O desafiante não escondeu que sua estratégia é quedar o rival e comparou seu estilo ao de Khabib Nurmagomedov e Kamaru Usman, campeões do peso-leve (70 kg) e dos meio-médios (77 kg), respectivamente. Originalmente, a dupla se enfrentaria no UFC 256, evento realizado em dezembro de 2020, porém o russo foi impedido de atuar. O desafiante ao cinturão da categoria lembrou do episódio e garantiu que nada que o adversário tem em mente vai funcionar.

“Yan foi testado, mas não acho que foi atacado constantemente com um tipo de pressão do estilo de Khabib, que procura a queda o tempo todo. Isso muda o ritmo da luta. Ele pode tentar impedir a queda o quanto quiser. Eu só preciso de uma. Se eu quedar, será uma longa noite para ele. Eu sou imprevisível no chão. Posso finalizar em várias posições. Na grade, posso fazer o que Usman faz. O clinch e a queda me favorecem”, comentou Sterling, antes de completar.

“Sei que ele é perigoso e que pode me machucar, mas eu só preciso colocar minhas mãos nele. Só quero saber o quanto ele melhorou para impedir uma queda. Há uma razão pela qual ele desistiu da primeira luta. Nunca tivemos nenhuma clareza sobre isso, mas algo aconteceu”, concluiu.

Aljamain Sterling chegou invicto ao UFC, estreou pela organização em 2014 e era apontado por parte dos fãs e da imprensa especializada como um possível candidato ao título do peso-galo. No entanto, a qualidade do atleta foi colocada em cheque após sofrer derrotas para veteranos. Na sequência dos eventos, o americano se recuperou, venceu cinco lutas seguidas contra grandes nomes da categoria e se confirmou como uma das principais ameaças ao reinado de Petr Yan.

Mais em UFC