Siga-nos
Leandro Bernardes

UFC

Reyes minimiza preocupação com juízes em disputa contra Blachowicz no UFC 253

Pela segunda luta consecutiva, Dominick Reyes terá a oportunidade de conquistar o cinturão meio-pesado (93 kg) do UFC. E, apesar de ter tido seu objetivo frustrado na primeira tentativa por uma decisão controversa dos juízes, o americano parece focado em cumprir o seu papel, sem se preocupar com a possibilidade de ter novamente seu combate definido nas papeletas dos jurados laterais.

Escalado para encarar Jan Blachowicz no co-main event do UFC 253, que acontece no dia 26 de setembro, na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU), Dominick poderia estar prestes a fazer sua primeira defesa de título. No entanto, apesar de boa parte dos fãs e da mídia especializada ter enxergado a superioridade de Reyes diante de Jon Jones no duelo disputado em fevereiro deste ano, os juízes responsáveis pela pontuação da batalha de cinco rounds, de forma polêmica, pontuaram unanimemente o triunfo do então campeão.

Questionado durante o media day virtual se teria um senso de urgência para finalizar a luta contra Blachowicz e, consequentemente, retirar o poder de decisão dos juízes, Reyes admitiu a importância de encerrar qualquer confronto antes do tempo regulamentar previsto. Porém, o lutador evitou entrar na polêmica com os responsáveis pela pontuação. Aparentemente tranquilo, o americano descartou a ideia de que a pressão por terminar de forma rápida o combate possa tirar o seu foco do objetivo final.

“Os juízes, aquela coisa toda, as coisas são como são. Obviamente o objetivo em toda luta é finalizá-la. Você nunca entra em uma luta buscando uma decisão (dos juízes), mas às vezes você encontra um cara que consegue aguentar tudo que você tem e a luta vai para a decisão. Isso não é algo que eu estou pensando sobre ou me preocupando. Eu, obviamente, gosto de finalizar as lutas, não existe sentimento melhor no mundo do que nocautear alguém. Eu amo esse sentimento e quero voltar a senti-lo”, declarou Reyes.

Após ostentar sua invencibilidade no MMA profissional por 12 lutas, Dominick Reyes foi escalado para tentar destronar o campeão Jon Jones na luta principal do UFC 247, realizado em fevereiro deste ano. Apesar da boa apresentação, o desafiante não foi capaz de convencer os três juízes laterais, que apontaram a vitória de ‘Bones’ por decisão unânime, garantindo a continuidade do seu reinado na categoria dos meio-pesados.

Agora, depois do campeão abdicar do título, Reyes terá nova oportunidade de se sagrar campeão da categoria. No próximo dia 26 de setembro, diante de Jan Blachowicz, no UFC 253, na ‘Ilha da Luta’, o americano disputa o cinturão vago da divisão até 93 kg do Ultimate.

Mais em UFC