Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

UFC

Recuperada da COVID-19, Amanda Ribas desafia Yan Xiaonan: “Seria uma ótima luta”

Após ter seu último compromisso pelo UFC cancelado de última hora, por ter testado positivo para COVID-19, Amanda Ribas parece já estar recuperada e pronta para a voltar aos octógonos. Na última quarta-feira (23), a peso-palha (52 kg) utilizou sua conta oficial no ‘Twitter’ para desafiar, de forma respeitosa, a chinesa Yan Xiaonan (veja abaixo ou clique aqui).

A mineira não luta desde janeiro deste ano, quando viu sua invencibilidade no Ultimate ser quebrada pela compatriota Marina Rodriguez. A lutadora voltaria à ação no dia 8 de maio, em confronto contra a americana Angela Hill, mas testou positivo para COVID-19 na véspera do evento e precisou ser retirada do duelo.

Assim como a brasileira, Yan Xiaonan também sofreu sua primeira derrota no UFC em sua última luta. Depois de iniciar sua trajetória na organização com seis vitórias consecutivas, a chinesa acabou superada pela ex-campeã Carla Esparza, em maio deste ano.

“Hey, Yan Xiaonan! Como você está? Eu estava pensando… Quase todas as lutadoras da nossa divisão tem uma luta marcada. Que tal marcar a nossa também? Eu acho que seria uma ótima luta”, propôs Amanda.

Aos 27 anos, Amanda Ribas soma dez vitórias e duas derrotas em seu cartel profissional no MMA. Por sua vez, Yan Xiaonan possui 13 triunfos, dois reveses e um ‘no contest’ (sem resultado) na carreira.

Mais em UFC