Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Promessa russa ignora Deiveson Figueiredo e promete ser campeão do UFC

Atualmente, o peso-mosca (57 kg) do UFC é dominado por Deiveson Figueiredo, mas, aos poucos, ameaças começam a surgir ao reinado do brasileiro. No UFC 259, evento realizado no último sábado (6) em Las Vegas (EUA), Askar Askarov venceu Joseph Benavidez por decisão unânime, se consolidou entre os melhores da categoria e ficou próximo de disputar o título. Confiante, o russo prometeu que, em breve, a divisão vai ter um novo soberano.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Askarov foi simples e direto em seu posicionamento. Mesmo sem citar nomes, o russo deu a entender que não ficou impressionado com a qualidade dos demais integrantes do peso-mosca, incluindo Deiveson Figueiredo, campeão da categoria.

Antes de vencer Benavidez, no UFC 259, o representante do Daguestão, ainda invicto no MMA, já estava sendo apontado por parte dos fãs e da imprensa especializada como potencial desafiante da divisão. Ao obter o terceiro triunfo seguido, Askarov pode ser a escolha da organização para encarar o vencedor da revanche entre Deiveson e Brandon Moreno, que se enfrentam no dia 12 de junho.

“Eu vejo um propósito, mas não vejo obstáculos #EmBreve #2021”, escreveu Askarov em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Além de Joseph Benavidez, Askar Askarov também venceu Alexandre Pantoja, ou seja, o russo superou dois integrantes do top-5 do peso-mosca em sequência. Vale lembrar que o representante do Daguestão empatou com Brandon Moreno, atual desafiante da categoria. O atleta chegou ao UFC como campeão do ACB, organização de MMA russa, e impressionou, já que sempre encarou os melhores da divisão e não perdeu.

Mais em UFC