Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Prestes a lutar pelo título, Sterling provoca campeão do UFC: “Bateu em velhos”

A luta entre Aljamain Sterling e Petr Yan é a primeira das três disputas de cinturão que compõem o UFC 259, porém não deixa a desejar em relação as demais em termos de importância. No evento que acontece no próximo sábado (6), em Las Vegas (EUA), o americano vai tentar destronar o campeão do peso-galo (61 kg) e não só está confiante em um desfecho positivo, como até mesmo provoca o rival russo.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Sterling fez questão de comparar sua trajetória no UFC com a de Yan, para justificar que o campeão do peso-galo foi, de certa forma, privilegiado pela organização. Não satisfeito, o desafiante da categoria desqualificou os triunfos do russo sobre José Aldo e Urijah Faber pelo fato da dupla ser experiente.

Para lutar pelo cinturão, ‘Funk Master’ teve que vencer cinco lutas seguidas e superou adversários consolidados e também promessas. Apesar do duro caminho que Sterling trilhou, o profissional indicou que tais combates foram importantes para fortalecê-lo como atleta e mostram quem, de fato, é o melhor lutador da categoria.

“Yan vai se legitimar se me vencer. Não consigo ver mais ninguém que possa fazer isso por ele. Já derrotei quase todos nos galos. Enfrentei todos da categoria para chegar a esta posição. Essa vai ser minha 14ª luta no UFC e finalmente consegui a chance pelo cinturão. Ele disputou sete lutas e os caras com quem lutou, em termos de calibre de oponentes, estou no top-5 há um bom tempo”, declarou Sterling, antes de completar.

“Sei que Yan é perigoso, mas ele espancou muitos velhos. Ele ainda tem que vencer um jovem leão. Ele quer provar que é um campeão de verdade mais do que qualquer coisa. Eu quero provar que ele foi um campeão de papel esse tempo todo e que o verdadeiro campeão foi o cara que lutou contra Sandhagen e terminou a luta em menos de dois minutos”, concluiu.

Contra Petr Yan, Aljamain Sterling já adiantou que sua estratégia é buscar a queda para finalizar o confronto. Em alta no MMA, ‘Funk Master’ não esconde o orgulho por ter nomes como Cory Sandhagen, Jimmie Rivera e Pedro Munhoz em seu cartel. O americano ocupa a primeira posição no ranking do peso-galo, atrás apenas do campeão da categoria, e para parte dos fãs e da imprensa é uma das principais ameaças ao reinado do rival.

Mais em UFC