Siga-nos
Diego Ribas

UFC

Presidente do UFC revela planos para início de gravações da nova temporada do ‘TUF’

Sem produzir uma nova edição do reality show ‘The Ultimate Fighter’ desde 2018, o UFC planejava retomar a produção do show e, de acordo com Ali Abdelaziz – empresário de Khabib Nurmagomedov -, em entrevista ao ‘TMZ Sports’, chegou a oferecer a liderança de uma das equipes para o lutador russo, que teria como oponente o irlandês Conor McGregor, seu desafeto. Proposta que foi prontamente recusada pelo campeão peso-leve (70 kg) da organização.

Porém, apesar da recusa da estrela da companhia, o UFC não abandonou os planos de produzir uma nova temporada do reality show. De acordo com o presidente da liga, Dana White, em conversa com a imprensa nesta sexta-feira (16), as gravações da próxima edição do show devem começar em breve, assim que a segunda passagem da organização pela ‘Ilha da Luta’ terminar, após a realização do UFC 254, que acontece no dia 24 de outubro.

Apesar de já ter programado o início das gravações, o dirigente máximo do UFC admitiu que os treinadores dessa edição ainda não foram definidos. Nada que o preocupe, já que, segundo ele, esta não é uma situação inédita.

“Quando eu voltar para casa (vamos começar a filmar)”, respondeu Dana White, ao ser perguntado quando começariam as gravações da nova temporada do ‘TUF’.

“Nós não temos ninguém (os treinadores) ainda. Nós vamos deixar essa coisa se desenrolar. Quer dizer, houve vezes onde nós conseguimos os treinadores dias antes de nos prepararmos para filmar”, contou.

A primeira temporada do ‘TUF’ foi ao ar em 2005, e contou com a presença de Chuck Liddell e Randy Couture, duas das maiores estrelas à época do UFC, como treinadores das equipes. Até o momento, o reality show teve 28 edições nos Estados Unidos, além de dez versões internacionais, voltadas para o público de países como: Brasil, China, Canadá, Austrália e Reino Unido.

Mais em UFC