Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Petr Yan acusa novo campeão do UFC de exagerar após receber joelhada ilegal

A polêmica em torno da luta entre Aljamain Sterling e Petr Yan roubou a cena no UFC 259. Em evento realizado no último sábado (6), em Las Vegas (EUA), o russo perdeu o cinturão do peso-galo (61 kg) ao ser desclassificado por aplicar uma joelhada ilegal no rival. Agora ex-campeão da categoria, o atleta deixou clara sua irritação com a postura do desafeto.

Em entrevista à ‘ESPN’ americana, Yan acusou Sterling de valorizar a joelhada ilegal que recebeu no quarto round e condenou o adversário por sair da luta. A visão do ex-campeão do peso-galo é compartilhada por parte dos fãs, que marcaram presença nas redes sociais do americano com comentários negativos. Profissionais como Henry Cejudo e TJ Dillashaw também se posicionaram contra o atual número um da divisão e o chamaram de ator, justamente, por ampliar a gravidade do golpe.

“Eu não percebi que fiz algo ilegal e estava tentando entender o que estava acontecendo. Quando o médico entrou no octógono e conversou com o árbitro, eles falaram da joelhada ilegal e que eu seria desclassificado. Nesse momento, Sterling estava ao lado deles. Ele ouviu a conversa, começou a se sentir pior a cada segundo e deitou no chão. Nos primeiros minutos depois da joelhada, ele estava tentando se recuperar, mas começou a exagerar, porque ouviu o que o árbitro disse”, contou Yan, antes de completar.

“Sterling poderia ter continuado. Ele afirma que não se lembra do que aconteceu e depois explica o que aconteceu. Para mim, é óbvio que ele estava ciente do que estava acontecendo e decidiu não continuar para vencer por desclassificação. Já fui punido pelo que fiz e perdi o cinturão. Tudo aconteceu porque o árbitro disse à comissão que foi intencional, mas eu não joguei intencionalmente. Agora a revanche é a única coisa lógica a se fazer e tem que acontecer logo”, concluiu.

Na coletiva de imprensa pós-UFC 259, Petr Yan, imediatamente, expressou o interesse em acertar as contas com Aljamain Sterling. Por sua vez, o atual campeão do peso-galo também topou a realização de um novo embate contra o rival. Até Dana White lamentou o ocorrido entre os atletas e informou que a organização vai tentar viabilizar a revanche entre os desafetos o quanto antes.

Mais em UFC