Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Peña explica falta de ‘trash talk’ contra Amanda no TUF: “Por que chutar cachorro morto?”

Responsável por chocar o mundo das lutas e destronar Amanda Nunes no peso-galo (61 kg) do UFC, em uma das maiores zebras da história do esporte, Julianna Peña usou e abusou do ‘trash talk’ para tentar desestabilizar psicologicamente a brasileira antes do combate disputado em dezembro. Porém, a postura provocadora não foi repetida pela americana durante as gravações da mais recente edição do reality show ‘The Ultimate Fighter’, onde as duas rivais ficaram novamente frente a frente e se enfrentaram como treinadoras das equipes.

A mudança de comportamento por parte da nova campeã do peso-galo do UFC chamou a atenção de Amanda Nunes, que, em recente entrevista ao site ‘MMA Fighting’, questionou o que poderia ter motivado sua rival a ter evitado trocar farpas na frente das câmeras do programa. Questionada sobre o assunto, pelo site ‘MMA Mania’, Julianna Peña explicou suas razões e aproveitou para cutucar a ‘Leoa’.

De acordo com Peña, o uso do ‘trash talk’ antes do primeiro combate entre elas tinha a finalidade de ajudá-la a vencer a brasileira. Com este objetivo cumprido, a americana afirmou que não viu a necessidade de seguir utilizando a mesma estratégia durante as gravações do ‘TUF’, especialmente, tendo em vista que, na sua visão, o estrago na parte psicológica de Amanda já foi feito.

“Todas essas coisas que ela disse, tipo que eu não falei m*** e que eu estava querendo fazer as pessoas gostarem de mim ou algo assim, eu fiquei tipo, não, eu participei do show antes, então eu meio que sei como acontece a produção. Mas, dito isso, eu já venci você. Você não tinha sido finalizada, não tinha sido parada, você tinha esse título de GOAT e foi envergonhada, e você ficou tão frustrada que demitiu seu time inteiro. Você abandonou sua academia na qual estava há dez anos. Você teve que ver um psicólogo do esporte. Tipo, por que chutar um cachorro morto? Esse não é meu estilo, não é minha personalidade, e eu já sei o quanto dói nela. Não estou tentando jogar mais sal nas feridas. Eu já fiz meu trash talk no ringue. Não tem mais nada a ser dito por mim”, explicou Julianna.

Considerada por muitos como a maior lutadora de todos os tempos, Amanda Nunes ostentava uma invencibilidade de 12 lutas quando foi derrotada por Julianna Peña no último mês de dezembro, perdendo, com isso, o cinturão peso-galo do UFC. Por conta do longo reinado e de sua história na organização, a brasileira foi agraciada com uma revanche imediata, que será disputada no dia 30 de julho, na edição de número 277 do Ultimate. Para promover e apimentar ainda mais a rivalidade, as duas foram escaladas para protagonizarem a mais nova temporada do ‘TUF’, que teve seu primeiro episódio transmitido nos Estados Unidos em maio deste ano.

Mais em UFC